Pular para o conteúdo

Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses: o cenário mais exótico do Brasil

Os Lençóis Maranhenses são uma das paisagens naturais mais impressionantes do Brasil e um verdadeiro tesouro para o turismo local.

Anúncios

Esse parque nacional abrange mais de 155 mil hectares de dunas brancas, lagoas com águas cristalinas e vegetação de restinga.

Fica numa região de cerrado com extensa área desértica e influência da Amazônia e da Caatinga. O maior deserto úmido do mundo.

É tão grande que caberia a cidade de São Paulo dentro do parque. As dunas dos Lençóis Maranhenses são formadas por areia fina e branca, e podem alcançar até 40 metros de altura em alguns pontos ocupando 2/3 do parque.

Anúncios

O Parque Nacional do Lençóis Maranhense abrange 3 municípios: Barreirinhas, Santo Amaro e Primeira Cruz que são as principais entradas para o parque.

Conta com excelente estrutura à disposição dos visitantes. Entre elas, há lagoas de água doce formadas pela chuva, que criam um verdadeiro oásis em meio ao deserto.

A cor dessas lagoas pode variar de acordo com a incidência do sol e o horário do dia, indo desde um azul claro até um verde esmeralda.

Anúncios

A região dos Lençóis Maranhenses é habitada por diversas comunidades tradicionais, que vivem da pesca e da agricultura.

O turismo também tem um papel importante na economia local, sendo uma fonte de renda para muitas famílias.

Os visitantes podem fazer passeios de buggy ou quadriciclo pelas dunas, explorar lagoas a pé ou de caiaque, e até mesmo fazer voos panorâmicos para apreciar a beleza da região de cima.

Se você estiver planejando uma viagem pelo Brasil, não deixe de incluir os Lençóis Maranhenses no seu roteiro. Essa é uma experiência única e inesquecível, uma das paisagens mais incríveis do Brasil e do mundo, que chega a ter mais de 30.000 lagoas no auge das cheias.

É uma beleza que não tem como explicar como areia e água produzem paisagens tão bonitas. A entrada para o parque é gratuita, você só precisa contratar uma empresa credenciada para o passeio.

Leia também:

Sumário do post:

Onde ficam os Lençóis Maranhenses

Os Lençóis Maranhenses ficam no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, numa área protegida na costa atlântica do estado do Maranhão, na região nordeste do Brasil, a 268 km da capital São Luiz, pela BR 402.

Faz fronteira com os estados do Piauí, Pará, Tocantins e o oceano Atlântico com 640 km de extensão de costa.

Como Chegar ao Parque Nacional Lençóis Maranhenses

Se você estiver nos estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba já está com a jornada bem adiantada, mas digamos que você venha de outros estados vamos considerar outras rotas:

De avião até São Luís

O aeroporto mais cômodo para chegar aos Lençóis Maranhenses é o de São Luís, que tem um fluxo de voo maior, porém o aeroporto mais próximo é o de Parnaíba no Piauí a 185 km de Barreirinhas, a 185 km mais 1 hora de barco de Atins e 280 km de Santo Amaro.

O aeroporto de São Luiz recebe voos diretos de Brasília, Fortaleza, Belém, Campinas, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo, Teresina, Imperatriz e Recife.

Partindo de outras localidades tem que fazer conexão em São Paulo, Campinas e Brasília. O tempo de voo de São Luís a Barreirinhas é de 55 minutos.

Voos regionais

A companhia aérea Azul iniciou em 06/2022 voos regionais pelo litoral do Ceará, Piauí e Maranhão. entre São Luís, Parnaíba e Barreirinhas, Parnaíba no Piauí e Jericoacoara no Ceará.

Os voos serão realizados por pequenos aviões Cesna, vão sair de Canoa Quebrada no Ceará às 7h55, fazer escalas em Fortaleza, Jericoacoara, Parnaíba e Barreirinhas, pousando em São Luís às 14h.

De ônibus até São Luís

De várias capitais têm ônibus para São Luís, você tem que calcular os custos da passagem e alimentação durante a viagem.

De Belo Horizonte a São Luís são quase 2 dias de viagem, de Santa Catarina são 5 dias e meio e mais 260 km até os Lençóis Maranhenses. De São Luís você precisa seguir para a cidade que você escolheu como ponto de partida.

Santo Amaro, a cerca de 280 km de distância, Primeira Cruz a 34,9 km, Barreirinhas a 260 km ou o vilarejo de Atins em Barreirinhas caso deseje continuar o trajeto de barco, acrescente no trajeto mais 1 hora no trajeto.

Pra-todos-verem:Parque-Nacional-dos-Lencois-Maranhenses-MA
Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses – MA

Partindo de Santo Amaro

O acesso para Santo Amaro é a rodovia MA-402. A cidade tem boa estrutura de pousadas e restaurantes. O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses fica bem perto da cidade e pode ser acessado em veículos 4×4 ou a pé. Fica quase dentro do parque.

Em Santo Amaro apenas operadores da cidade podem trafegar pelo parque, de qualquer operadora de turismo que você utilizar para chegar a Santo Amaro, terá de desembarcar e seguir o passeio com operadoras locais.

Partindo de Barreirinhas

Barreirinhas é o principal acesso para os Lençóis Maranhenses pela rodovia MA-402, estrada em boas condições.

A cidade tem boa estrutura, muitos hotéis e pousadas, restaurantes e agências de turismo que fazem os passeios para o Parque Nacional, boia-cross no rio Formiga e passeios de lancha até a foz do Rio Preguiças.

A cidade é mais agitada, se quiser mais tranquilidade, escolha uma pousada em Santo Amaro. Para Barreirinhas é mais fácil chegar de transporte público ou transfers privativo ou compartilhado a partir de São Luís.

De Barreirinha para o parque é preciso atravessar o Rio Preguiça de barco ou de balsa. Da outra margem do rio em diante, apenas carros 4×4 credenciados podem prosseguir viagem.

OFERTAS ESPECIAIS EM PACOTES
Pra-todos-verem:Rio-Preguicas-Barreirnhas-MA
Embarque no Rio Preguiças – Barreirinhas – MA

Partindo de Atins

Para chegar aos Lençóis Maranhenses a partir de Atins é preciso pegar um barco em Barreirinhas e atravessar o rio, a travessia dura 1 hora, ou por terra em veículos 4×4 credenciados pelo parque, o caminho é mais longo.

Partindo de Jericoacoara

Jericoacoara recebe voos diretos de São Paulo, Campinas, Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza e Parnaíba. De transfer, de carro próprio ou alugado, você pode chegar a Barreirinhas e Santo Amaro.

Jericoacoara não é porta de entrada para o parque, mas permite que os visitantes façam o circuito da Rota das Emoções; Jericoacoara → Delta do Parnaíba → Lençóis Maranhenses.

Dentro do parque só é permitido o tráfego de carros credenciados pelo ICMBio, mesmo que você esteja com um carro 4×4 não poderá trafegar dentro do parque, a fiscalização é rigorosa, a multa é de R$5.000,00 e apreensão do veículo.

Pra-todos-verem:Jericoacoara-CE
Rota das Emoções Jericoacoara – CE

Quando visitar o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses

O parque está disponível o ano inteiro, diariamente das 8 às 18 horas, mas as paisagens se modificam de acordo com as estações do ano. Após o período de chuvas, quando as lagoas estão cheias, é o cenário mais bonito.

A maior parte das lagoas do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses não são perenes, dependem da estação chuvosa de fevereiro a maio.

Conforme o período seco avança, as lagoas vão secando. Portanto, se o tempo não mudar, a melhor época para visitar o parque, é de maio a setembro.

Se a sua intenção é aproveitar o maravilhoso cenário das lagoas que se formam entre as dunas, entre em contato com o ICMBio e consulte as condições do tempo e observe a descrição abaixo:

  • Lagoas enchendo, época de chuvas, chove quase diariamente: janeiro, fevereiro, março e abril
  • Junho e julho, lagoas no nível máximo e muito sol
  • Agosto e setembro, lagoas cheias e muito sol
  • Setembro e outubro, lagoas cheias em Santo Amaro
  • De maio a agosto a paisagem do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses começa a se modificar, as lagoas reduzem em tamanho e profundidade, enchem de algas e outras plantas aquáticas. De novembro a janeiro permanecem somente as lagoas perenes como a Lagoa do Peixe em Barreirinhas e a Lagoa da Esperança entre Barreirinha e Santo Amaro.

O que fazer no Parque Nacional Lençóis Maranhenses

Pra-todos-verem:Parque-Nacional-dos-Lencois-Maranhenses-MA
Passeios no Parque Nacional Lençóis Maranhenses – MA

Não resta dúvida de que esta é uma viagem de aventuras, apreciação da natureza e emoções. O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses é o destino perfeito para aqueles que viajam com esses objetivos.

Caminhar sobre as dunas de areias brancas do maior parque de dunas do Brasil, mergulhar em lagoas de água cristalina e morna, e assistir ao pôr-do-sol naquele cenário, são experiências e lembranças únicas que jamais sairão do seu imaginário.

Algumas lagoas se mantêm ao longo do ano, porque por baixo da areia das dunas o terreno é argiloso. Imagine conhecer tudo isso em veículos 4×4 com ou sem emoção subindo e descendo montanhas de areia, ou mesmo a pé.

O céu estrelado no deserto é uma cena que não é possível ver nas cidades. Sempre é recomendável levar protetor solar, chapéu, óculos de sol, água e câmera fotográfica.

Para facilitar a sua escolha, separamos os tópicos por cidades base, lembrando que você deve contratar o guia com antecedência, principalmente em altas temporadas, senão corre o risco de não encontrar.

Circuito da Lagoa Azul – Barreirinhas

Os passeios são divididos por circuitos, não se preocupe, o seu guia conhece todos. Começando por Barreirinhas pelo Circuito da Lagoa Azul. É o atrativo mais visitado do parque de conservação.

A partir de Barreirinhas, o primeiro trecho é de 12 Km de trilhas na parte de vegetação rumo ao litoral maranhense, o carro segue pelas dunas em uma trilha com cerca de 2 km.

Nesse trajeto o visitante irá conhecer a Lagoa da Preguiça, a Lagoa da Esmeralda, a Lagoa Azul e a Lagoa do Peixe que é a única perene com água durante todo o ano.

Saída pela manhã e retorno no final da tarde, mas não sem antes assistir o magnífico pôr-do-sol. Para chegar aos Lençóis Maranhenses é preciso atravessar o rio de balsa.

No caminho tem parada para almoço, mas você pode levar sua própria comida. O restaurante é bem rústico, de roça mesmo, mas a comida é ótima.

Muitos trajetos são feitos a pé atravessando rios e dunas. Não se esqueça de carregar água, o calor é de derreter os miolos.

Este passeio é o único dentro do parque em que é permitido o acesso de carro, mas somente para visitantes com mobilidade reduzida, com comunicação e autorização da administração do parque.

Pra-todos-verem:Circuito-da-Lagoa-Azul-Barreirinhas-MA
Circuito da Lagoa Azul – Barreirinhas – MA

Circuito da Lagoa Bonita – Barreirinhas

O melhor circuito do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses no Maranhão é o da Lagoa Bonita, sem dúvida. É o Brasil que você precisa conhecer.

Localizada a 15 km de Barreirinhas, para quem tem bom preparo físico, o grau de dificuldade é médio, eu achei pesado, mas valeu o esforço.

ENCONTRE SUA HOSPEDAGEM

Novamente atravessar de balsa para conhecer a Lagoa Bonita. É preciso escalar um paredão de areia de 60 metros por uma escada de madeira com cerca de 150 degraus, caminhe descalço ou com sapatilhas próprias para caminhar na areia.

Os carros chegam até perto da lagoa, o restante do trajeto é feito a pé. Após a subida das dunas ainda tem um bom caminho para chegar até à lagoa.

Como a areia é muito fofa, torna a caminhada mais pesada e tinha turistas de todas as idades, com exceção de crianças. Dizem que subir as dunas com a ponta dos pés e descer apoiando nos calcanhares o percurso fica mais fácil.

Mas sabe por que ninguém reclama da subida? É porque a vista lá de cima é inacreditável! Tem várias lagoas azuis, de variados tamanhos.

O cenário não é estático, muda ao bel prazer do vento e se você voltar no ano seguinte vai encontrar uma paisagem com os mesmos elementos, mas com disposição bem diferente. É tudo lindo demais, não tem palavras para expressar.

Pra-todos-verem:Circuito-da-Lagoa-Bonita-Barreirinhas-MA
Circuito da lagoa Bonita – Barreirinhas – MA

Lagoa da Esperança – Barreirinhas

A Lagoa da Esperança é uma lagoa perene e não se situa dentro da área das dunas, mas na borda. A lagoa se forma a partir da interposição das dunas no curso do Rio Negro, de modo que é possível também circular pelo campo de dunas.

Por ser uma lagoa perene pode ser visitada o ano todo, até porque na época da estiagem, as outras lagoas estão secas. A Lagoa da Esperança fica entre Barreirinhas e Santo Amaro.

Povoado de Atins – Barreirinhas

O povoado de Atins, antigamente conhecido como Canto dos Atins, fica de frente para a foz do Rio Preguiças fora do parque, mas bem próximo.

A vila, que pertence ao município de Barreirinhas, é pequena, bem rústica, não tem asfalto, moradores muito simples e muito simpáticos que vivem da pesca e como guias de turismo.

A estrutura é boa tem restaurantes e pousadas rústicas e bem equipadas, de todos os preços. O engraçado é que a maioria das pousadas pertencem a estrangeiros que viram o potencial turístico da região, antes mesmo dos nativos.

Tem como atrações o encontro do rio com o mar, cachoeiras temporárias, de água quente entre o rio e o mar e as lagoas mais lindas da região.

Foi a primeira vez na minha vida que entrei numa cachoeira com água morna. Tem a Praia de Atins que fica no final dos lençóis maranhenses.

O mar é super calmo ótimo para praticar esportes como kitesurf, windsurf, caiaque, stand up paddle e surf entre outros, uma vez por ano tem campeonato de kitesurf no povoado.

A estrutura na praia é mínima, no Canto de Atins, do lado que fica o rio tem jangadas, barcos pesqueiros e alguns quiosques simples. A paisagem é tão linda que chega a emocionar, com praia de rio e de mar.

Um dos principais pontos de partida do barco, para os passeios ao Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. É um ótimo ponto de apoio para iniciar a caminhada e cruzar o campo das dunas até Santo Amaro.

Pra-todos-verem:Praia-de-Atins-Barreirinhas-MA
Praia de Atins – Barreirinhas – MA

Foz do Rio Negro e Lagoa Verde

O passeio para a foz do Rio Negro é feito pela praia do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, partindo da vila do Atins.

O principal atrativo desse passeio é o encontro do rio com o mar, onde os visitantes podem se refrescar nas pequenas cachoeiras temporárias à beira mar.

As quedas d’água só ficam disponíveis apenas quando o rio Negro enche. No circuito é possível visitar também algumas lagoas como a Lagoa Verde, próxima da praia, que tem água por mais tempo durante o ano.

Santo Amaro

Santo Amaro fica a cerca de 212 km de São Luís entre as dunas, as mais altas do parque e a maior concentração de lagoas de águas transparentes e mornas. Uma paisagem talhada pela incansável força dos ventos.

Apesar de ser menos famosa, mais da metade do território dos Lençóis Maranhenses fica em Santo Amaro, incluindo as maiores lagoas como as famosas Lagoa da Gaivota e Lagoa da Andorinha.

É uma cidade de população simples e o turismo colabora muito para o desenvolvimento local. Das 3 cidades base dos Lençóis Maranhenses, Santo Amaro é a que tem as lagoas mais bonitas dos Lençóis Maranhenses.

Uma grande vantagem da cidade é a proximidade da cidade com o Parque Nacional, praticamente dentro do parque, sendo possível chegar a pé em algumas lagoas.

As lagoas de Santo Amaro são mais duradouras porque são maiores e mais profundas e demoram mais a secar. É a melhor escolha para quem viaja já no final da temporada, quando as outras lagoas já estão sumindo, entre setembro e outubro. Tem bons hotéis e pousadas, bares e restaurantes.

Pra-todos-verem:Santo-Amaro-do-Maranhao-MA
Santo Amaro do Maranhão – MA

Circuito da Lagoa da Gaivota e Andorinhas – Santo Amaro

A Lagoa da Gaivota é a principal atração do município, é uma das mais lindas paisagens do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. A Lagoa da Gaivota é mais para contemplação e observação das aves, está situada em uma área de nidificação de gaivotas.

As lagoas das Andorinhas, do Cajueiro e do Maçarico, também fazem parte do circuito. Outro atrativo importante é o lago de Santo Amaro, que pode ser acessado a pé ou em veículo 4×4 credenciado pelo parque.

Circuito Lagoa das Emendadas – Santo Amaro

O percurso do passeio é extenso, com cerca de 7 km de caminhada sob as dunas, ida e volta, exige um bom condicionamento físico.

O passeio é realizado apenas a pé, com guia local, em 2 horários, de manhã 07:00h às 12:00h e a tarde das 13:30h às 18:00h com direito a belíssimo pôr do Sol.

Você verá várias lagoas interligadas por entre as dunas e se estendem por vários quilômetros de extensão. Na época da seca as lagoas ficam divididas por bancos de areia e na época da chuva elas se juntam, formando uma enorme lagoa.

Dá para ter uma tímida ideia da dimensão dos lençóis maranhenses. Dependendo do seu guia, é possível caminhar nas dunas à noite sob o manto estrelado do céu, dá pra ver até a Via Láctea a olho nu. Simplesmente incrível!

Até chegar à lagoa das Emendadas o percurso é de aproximadamente de 1h40m dependendo da disposição do grupo.

Vá na parte da manhã, depois do almoço, encarar o sol do Maranhão, não é nada agradável. Para fazer esse e outros passeios, use camisa de manga longa, com proteção UV, chapéu e óculos escuros.

Pra-todos-verem:Circuito-Lagoa-das-Emendadas-Santo-Amaro-MA
Circuito Lagoa das Emendadas – Santo Amaro – MA

Lagoa da Betânia

Assim como a Lagoa da Esperança, a Lagoa da Betânia se forma a partir da interrupção do curso do rio pelo campo de dunas.

Fica no povoado de mesmo nome, em meio ao conjunto de dunas, é possível vislumbrar a maravilhosa Lagoa da Betânia, ao lado do Rio Alegre.

Na parada para almoço é preciso fazer a travessia de barco para o restaurante, pagando uma pequena taxa que pode ser somada à conta do almoço.

Depois é só relaxar nas redes para prosseguir com o passeio à tarde. Ao final do dia o pôr do sol é um espetáculo emocionante! O passeio dura cerca de inesquecíveis 8 horas.

Povoado de Travosa

Travosa é onde começa o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. Uma comunidade linda, no norte dos Lençóis Maranhenses, uma paisagem totalmente diferente.

Um pequeno povoado de difícil acesso, onde a cata de mariscos, no manguezal, feita pelas mulheres, e a pescaria feita pelos homens, garante a sobrevivência dos locais.

O molusco é farto na região. Para chegar, você passa pelas dunas e segue pela praia com guia autorizado pelo ICMBio, pois há risco de se perder e atolar o carro. Apesar de pequena, tem um ponto de apoio rústico para receber os turistas.

A praia da Travosa é bem extensa, mar revolto, ótimo para a prática de surf, com um campo de dunas ao fundo, um lugar tranquilo e paradisíaco de uma comunidade pesqueira. No mês de abril acontece um campeonato de surf na região.

Para-todos-verem:Povoado-de-Travosa-MA
Povoado de Travosa – MA

Zona Primitiva – Queimada dos Britos e Baixa Grande

Este é um passeio para quem deseja muito conhecer as paisagens do maranhão. A travessia do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses é longa e difícil, com cerca de cerca de 70 km entre dunas repletas de lagos, rios, restingas, vilarejos remotos e praias magníficas.

Queimada dos Britos e Baixa Grande estão localizadas no interior do campo de dunas do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. Lugar onde a paisagem muda constantemente.

Tudo aqui é preservado e livre, as pessoas, a natureza, os animais e as aves. É um fragmento do cotidiano da pequena comunidade Queimada dos Britos, isolada pelas dunas do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

Comunidade extremamente simples, casas primitivas, sem energia elétrica, água encanada ou qualquer outra comodidade básica.

Mas entre eles reina a paz, a tranquilidade, amizade e a proteção da natureza exuberante que lhes garante a sobrevivência.

Se você deseja experimentar esta aventura, esteja preparado para caminhar muito, pernoitar em casas rústicas, dormir em redes, ficar sem celular, internet ou qualquer outra tecnologia. Estas regiões são a Zona Primitiva, cerca de 30 famílias residem no local.

É proibido passeios turísticos com veículos motorizados e a visitação deve ocorrer com o mínimo impacto para o meio ambiente. Somente os moradores podem utilizar veículos motorizados para transporte de pessoas, alimentos e materiais.

Pra-todos-verem:Queimada-dos-Britos-MA
Queimada dos Britos – Zona Primitiva – Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses

Orientações para visita ao Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses

Para preservar esse patrimônio natural, o parque nacional dos Lençóis Maranhenses tem uma série de regras e restrições para os visitantes.

É proibido acampar nas dunas, levar animais de estimação e praticar atividades que possam danificar a fauna e a flora locais. Também é importante respeitar as comunidades tradicionais e suas tradições. Veja abaixo as regras fornecidas pelo ICMBio:

  • Os serviços de transporte e condução de visitantes devem ser realizados por veículos e condutores credenciados.
  • Não é permitido o transporte de visitantes ou a realização de passeios com veículos particulares.
  • É proibido a venda, porte e consumo de bebidas alcoólicas e drogas ilícitas no Parque Nacional.
  • É proibido o trânsito de veículo motorizado sobre o campo de dunas livre.
  • É proibido fazer fogueiras, acender churrasqueiras ou fogareiro.
  • É proibido a entrada de animais domésticos.
  • É proibido entrar no Parque Nacional em quadriciclos, motos, bugres, bem como realizar enduros e/ou rallys.

Viaje com o mínimo de bagagem possível para não dificultar as suas caminhadas. Malas ou mochilas grandes podem ser despachadas nas Toyotas de linha, mas é cobrado o preço de um passageiro.

Veja abaixo o contato de algumas empresas credenciadas para fazer os passeios no parque, contratar seus passeios e guias, consultar roteiros e valores.

Empresas de turismo que fazem os passeios:

Neste site do ICMBio você vai encontrar o contato de todos os condutores autorizados a fazer passeios no parque. Sua viagem não precisa terminar no Parque Nacional do Lençóis Maranhenses, que tal partir pra Tutoia a 73 km de Barreirinhas, para explorar os Pequenos Lençóis Maranhenses?

Você compra passagens aéreas para São Luís e outras cidades maranhenses pelo menor preço pelo Booking e não se esqueça do seu seguro viagem, imprevistos acontecem principalmente em viagens de aventura.

Outros assuntos que podem ser do seu interesse:

OFERTA AMAZON
Ofertas imperdíveis na Amazon
Compartilhe nas redes sociais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *