Pular para o conteúdo

Parque Nacional Chapada das Mesas: principais pontos turísticos

O Parque Nacional da Chapada das Mesas, é um dos mais recentes parques nacionais do Brasil. Este paraíso ecológico foi criado em 2005, é administrado pelo ICMBio.

Na sua magnífica paisagem tem de tudo,  relevo de chapadas vermelhas, rios, nascentes, cânions, cavernas, florestas de buritizais, sertões, cerrado, um monumental conjunto de formações rochosas, muitas cachoeiras e piscinas naturais.

Seus paredões esculpidos ao longo de milhares de anos moldaram os platôs em formato de mesas que deram origem a seu curioso nome. É um destino ecoturístico que reserva muitas surpresas  e aventuras.

É uma unidade de conservação de mais de 160 hectares de suma importância para a preservação do bioma do cerrado brasileiro, habitat de diversas espécies ameaçadas de extinção, como a onça-parda, o gato-maracajá e a águia-cinzenta.

Fazem parte também da sua fauna, aves de rapina, veados, tamanduás, tatus e roedores. O parque é bem conhecido pelos maranhenses, só recentemente despertou o interesse dos turistas e hoje é um dos destinos mais procurado pelos brasileiros e estrangeiros.

Se despertou a vontade de conhecer o Parque Nacional da Chapada das Mesas, saiba que é um destino que precisa ser minuciosamente programado.

Neste post descreveremos todos os detalhes importantes como localização, como chegar, principais atrações e o que fazer no Parque Nacional da Chapada das Mesas.

Leia também outros destinos ecoturísticos interessantes:

Guia completo para conhecer o Parque Nacional da Chapada das Mesas

Quero ressaltar que não fizemos a viagem por conta própria, é um pouco complicado, uma agência de viagem facilita e muito o sucesso da viagem. No final do post você vai encontrar o contato de algumas delas.

Nós ficamos uma semana, mas para conhecer o mínimo do Parque Nacional da Chapada das Mesas, você vai precisar pelo menos de 4 dias na região.

Aproveite os relaxantes banhos de cachoeira, aproveite cada momento mergulhando nos lagos cristalinos e se entregue à natureza percorrendo as trilhas. É obrigatório a contratação de guia autorizado para passeios dentro do parque.

Você vai encontrar neste post:

Onde  fica Chapada das Mesas

Pra-todos-verem:Parque-Nacional-Chapada-das-Mesas

Esse grandioso parque fica no centro-sul do estado do Maranhão, na divisa com o estado do Tocantins, entre as cidades de Carolina, Riachão e Estreito.

A cidade de Carolina fica a 850 km da capital São Luís, 500 km de Palmas no Tocantins, a 200 km de Imperatriz e 790 km de Teresina no Piauí.

A distância da cidade de Carolina à Chapada das Mesas é de 41 km. É uma região bem isolada de grandes centros, perto do Rio Tocantins. Importante ficar atento às distâncias para melhor programar o ponto de partida de acordo com a sua localização.

O ponto de partida para Chapada das Mesas é a cidade de Carolina, uma pequena cidade situada às margens do Rio Tocantins, mas com grande estrutura turística.

Quando ir para a Chapada das Mesas

Escolher a época certa para ir à Chapada das Mesas é essencial para tirar o  máximo proveito da sua viagem. Na região há duas estações bem definidas, a seca e a chuvosa e o calor permanece o ano inteiro com uma média de temperatura de 21 a 36º, podendo facilmente alcançar 40º.

A época de seca na Chapada das Mesas vai de maio a setembro. Os melhores meses são junho, julho e agosto. Quase não chove e o sol brilha intensamente.

É a melhor época para aproveitar as cachoeiras, embora com menor volume. Evite os meses de outubro a abril. Entre o final de janeiro e princípio de abril, as chuvas costumam ser mais intensas, tipo temporal mesmo.

Como chegar à Chapada das Mesas

A melhor forma é ir de avião até Imperatriz no Maranhão, que recebe voos de Belo Horizonte, São Paulo, Brasília, São Luís e Belém.

Mesmo partindo de localidades mais próximas como Teresina e Palmas, fará escalas antes de chegar em Imperatriz. De Imperatriz tem voos diários para Araguaína, você pode alugar um carro ou ir de van até a cidade de Carolina, são 83 km.

De Imperatriz para Carolina, porta de entrada para o Parque Nacional Chapada das Mesas, são 200km que você pode fazer de carro alugado ou van. Se você seguir esses passos, vai chegar com certeza.

O que fazer no Parque Nacional Chapada das Mesas

A Chapada das Mesas é o destino ideal para quem quer curtir ecoturismo, altas aventuras, praticar esportes radicais, como rapel, escaladas, trekking, canionismo, tirolesa, arvorismo, banhos de cachoeiras, rafting, voos de parapentes e trilhas.

No parque vamos encontrar, balneários, grutas, rios, formações rochosas e muitas cachoeiras entre os municípios de Carolina e Riachão. Se tiver mais tempo pode aproveitar para conhecer também o Jalapão que fica próximo da região.

O que mais atrai turistas para a Chapada das Mesas são suas cachoeiras, umas 89 catalogadas. Muitas delas são de fácil acesso e podem ser visitadas em carros comuns ou a pé sem precisar enfrentar trilhas difíceis.

Algumas têm pousadas, restaurantes e bares no local ou nas proximidades. A maioria das atrações estão em propriedades particulares que cobram taxas para visitação.

Cachoeiras do Itapecuru

Pra-todos-verem:Cachoeiras-do-Itapecuru-Chapada-das-Mesas (2)

As cachoeiras de Itapecuru são belíssimas, também são conhecidas como cachoeiras gêmeas por estarem lado a lado. Ficam a apenas 33 Km de Carolina, em direção a Riachão via BR 230.

As duas cachoeiras têm uma queda de cerca de 12 metros formando uma grande piscina natural, cercada de rochas e praias de areia.

Tem uma boa estrutura com restaurante, banheiros, parquinho infantil, mesas, cadeiras e guarda-sóis, chalés para quem desejar se hospedar no local e estacionamento.

As cachoeiras ficam em propriedade particular, é cobrado a taxa de R$50,00 inteira e R$25,00 meia entrada. Disponibiliza caiaques para locação. Nos finais de semana e feriados o local fica lotado, principalmente pelos moradores de Carolina. 

Reserva Natural Cachoeira do Rio Cocal

Pra-todos-verem:Poco-Azul-Chapada-das-Mesas

Rodovia MA-132, s/n – Zona Rural, Riachão. Telefone: (99) 3531-0337. Seguindo pela BR-230, na direção de Riachão, você chega à Reserva Natural Cachoeira do Rio Cocal.

O Poço Azul é um dos principais pontos turísticos de Chapada das Mesas, fica dentro do Complexo Eco Turístico Poço Azul, a 30 km de Riachão e a 131 km de Carolina, na reserva do Rio Cocal. É onde se encontram as maiores preciosidades da Chapada das Mesas.

São 4 cachoeiras: Poço Azul, Cachoeira de Santa Bárbara com cerca de 76 metros de altura, Cachoeira dos Namorados e a Cachoeira de Santa Paula. O Poço Azul e Encanto Azul formam piscinas naturais de águas em tons azulados e esverdeados e cristalinas.

Percorrendo as trilhas você vai alcançar o leito do Rio Cocal. O acesso é muito bom, quase que totalmente pavimentado, com um pequeno trecho de estrada de chão batido.

O cenário é de uma beleza estonteante! Como uma maravilha dessa passou tanto tempo oculta das nossas vistas! O melhor horário para apreciar as cores das piscinas é entre 9h30 e 11h30. Leve um snorkel para um delicioso mergulho.

No Poço Azul a infraestrutura é muito boa com bar, restaurante e banheiros. No encanto azul tem várias nascentes de águas cristalinas no meio da exuberante vegetação do cerrado maranhense.

A entrada no complexo é paga, mas é baratinho. O acesso aos locais é feito em pontilhões de madeira seguros e não demanda esforço. 

Complexo Eco Turístico Poço Azul

Complexo-Eco-Turistico-Poço-Azul-Chapada-das-Mesas

O Complexo Eco Turístico Poço Azul é um dos lugares mais incríveis e um dos principais atrativos da Chapada das Mesas. Um grande complexo formado por inúmeras cachoeiras, riachos, grutas, piscinas naturais e artificiais.

É inacreditável encontrar uma estrutura dessa no meio do cerrado. Conta também com estrutura para ecoturismo, hospedagem em chalés, apartamentos, área de camping e um amplo restaurante self-service.

Oferece várias atividades como tirolesa no valor de R$60,00 e rapel na Cachoeira de Santa Bárbara. A tirolesa desce atravessando as grandes quedas d’água, matas, morros de pedras, proporcionando uma deliciosa sensação de liberdade e aventura.

No mergulho com snorkel podemos observar peixes coloridos e vegetação aquática preservadas, é como  mergulhar num enorme aquário natural.

As vias de acesso entre uma atração e outra são feitas por passarelas de madeira que descem por entre penhascos e matas, algumas são difíceis para quem é sedentário.

A nossa primeira parada foi na Cachoeira de Santa Paula que tem uma boa área para banho, uma área de descaso que serve de mirante para apreciar o Poço Azul e que está quase sempre vazia.

Pra-todos-verem:Cachoeira-Santa-Paula-Chapada-das-Mesas
Cachoeira de Santa Paula – Chapada das Mesas – MA

Seguindo por uma pequena ponte a gente encontra a maravilhosa Gruta de Santa Bárbara que a natureza esculpiu ao longo dos anos, um pouquinho mais a frente está a imponente Cachoeira de Santa Bárbara com seus 76 metros de queda d’água.

Descendo um pouco mais você vai encontrar o famoso Poço Azul que é realmente azul, que dá nome ao complexo e é formado por cachoeiras e várias pequenas quedas d’água.

A beleza desse lugar é indescritível e pensar que até pouco tempo atrás, toda essa beleza estava longe dos nossos olhos. O horário para visitação é das 8h às 17h.

Em 2021 a refeição nos custou R$70,00 o quilo, e R$500,00 pelo chalé com direto a café da manhã e entrada no complexo. Só a entrada custa R$70,00, mas tem a opção de meia entrada para estudante. 

Complexo Turístico Pedra Caída

Pra-todos-verem:Complexo-Pedra-caida-Chapada-das-Mesas

O Complexo turístico Pedra Caída fica a cerca de 35 km da cidade de Carolina. É um complexo de propriedade particular, com várias quedas d’água, a mais alta tem uma queda de 46 metros de altura.

A cidade investiu pesado no turismo para construir este complexo turístico com completa infraestrutura, um eco resort de primeira linha, heliporto, restaurante super moderno, piscina, teleférico.

Na entrada do complexo tem um centro de lazer com piscinas para adultos e crianças, toboáguas, vestiário, lanchonete, restaurante e estacionamento.

Oferece uma gama de atividades como tirolesa, arvorismo, trekking, mountain bike dentre outras atrações. O ingresso é pago e algumas atividades têm custo adicional.

Quem não quiser se aventurar pelas trilhas, cavernas e cachoeiras, pode passar um dia maravilhoso neste espaço, inclusive com a opção de se hospedar em apartamentos e chalés que ficam espalhados pela área do complexo.

Pra-todos-verem:Teleferico-do-Complexo-Turistico-Pedra-Caida
Teleférico do Complexo Turístico da Pedra Caída

Se você for corajoso o bastante, te sugiro descer a tirolesa, uma das mais altas e longas do brasil com cerca de 300 metros de altura e 1.400 metros de extensão.

A sensação é de estar caindo do alto sem paraquedas. Dentro do Parque existem muitas cachoeiras, algumas acessíveis de carro próprio ou alugado pelo próprio complexo do parque.

Outro passeio imperdível dentro do parque é o passeio da Cachoeira do Santuário, de água translúcida, ao fundo de um maravilhoso cânion rodeado de uma flora riquíssima e por onde corre um rio cristalino. 

Não perca a oportunidade de admirar toda essa rica paisagem do alto de uma pirâmide de vidro instalado no alto de um dos morros, atravessando uma ponte também de vidro. Dá um pouquinho de medo, mas pode atravessar tranquilo, é seguro.

O ambiente dentro da pirâmide, com música suave e envolvente, transmite uma sensação magica de paz e a vista lá de cima é memorável. Todos os passeios são acompanhados por guias do parque. 

Complexo Turístico Santuário da Pedra Caída 

Pra-todos-verem:Santuário-da-Pedra-Caida-Chapada-das-Mesas
Santuário da Pedra Caída 

O complexo turístico Santuário Ecológico da Pedra Caída é um destino exclusivamente voltado ao ecoturismo e aventura.

Um espaço ecológico que abriga incríveis cachoeiras, trilhas, rios, cânions e piscinas naturais de águas transparentes. O Santuário é estrondoso de bonito.

Adorei a placa em uma das trilhas que diz “Um banho de cachoeira tem respostas que o ser humano ainda nem aprendeu a perguntar”. Sou obrigada a concordar.

O caminho é passando por entre cânions multicoloridos e várias quedas d’água. Tem trechos em que a água chega quase ao pescoço de uma pessoa de estatura média. Quem tiver mais medo pode atravessar segurando nas cordas.

Nessa hora é que a gente vê a importância do guia. A partir do Complexo você pode optar por passeios a pé que custam R$30,00 para visitar o Santuário da Pedra Furada e a Cachoeira Santuário por meio de trilhas, com duração em média de 2 horas.

O passeio de teleférico e descer de tirolesa, esta proeza vai custar R$120,00, dependendo do tamanho da tirolesa que você escolher.

O passeio de carro custa R$50,00 para visitar as cavernas de Cachoeira e Capelão, Garrote e Porteira com duração de cerca de 2 horas e a caminhada é feita através de passarelas de madeira.

Ao iniciar sua aventura pelo complexo, acate as orientações dos funcionários sobre segurança e comportamento no meio ambiente.

Pra-todos-verem:Cachoeira-da-Caverna-Chapada-das-Mesas
Cachoeira da Caverna – Chapada das Mesas – MA

A primeira atração a ser avistada é o cânion do santuário, uma brecha na rocha esculpida ao longo de milhares de anos de erosão. Paisagem composta por  várias quedas d’água descendo pelo imenso paredão de pedra e mata preservada.

Que espetáculo da natureza! A sensação de paz que a gente experimenta, não tem como descrever, tem que ser vivenciada pessoalmente. A profundidade da água é rasa, dá para atravessar a pé, pelo menos na estação seca.

A queda d’água é bem forte e querendo ou não você vai sair encharcado pelo vapor da água. Experimente atravessar pela Ponte do Pedro, numa altura que dá até vertigem, e que balança pra caramba.

Ao retornar aproveite para conhecer a Cachoeira da Caverna, Cachoeira Capelão, que têm águas de várias tonalidades de cor, do marrom ao azul cristalino. É tudo muito lindo e vale a pena a visita apesar dos custos. A entrada em 2021 custa R$60,00, meia para professores e estudantes. 

Cachoeira São Romão e Cachoeira da Prata

Pra-todos-verem:Cachoeira-de-Sao-Romao-Chapada-das-Mesas

Essas duas cachoeiras ficam nos limites do parque Chapada das Mesas. A Cachoeira São Romão um dos maravilhosos cartões postais da região, tem 33 metros de largura  e 35 metros de altura.

Uma reprodução em menor escala das Cataratas do Iguaçu em pleno cerrado maranhense com direito a cortina de vapor d’água e aquele barulhão de queda d’água.

E assim como nas Cataratas do Iguaçu, não dá para entrar embaixo da cachoeira, mas logo abaixo tem um poço e uma prainha que dá para tomar banho, mergulhar com snorkel e passear de caiaque.

A Cachoeira da Prata que irrompe por dois lados do paredão é formada por 2 quedas d’água no período da seca, na estação chuvosa devido ao aumento do volume se unem formando uma só.

Ambas estão localizadas no Rio Farinha, um dos afluentes do Rio Tocantins. Incorpore aquele espírito aventureiro, que para chegar a este paraíso demanda um bocado de esforço.

Pra-todos-verem:Cachoeira-da-Prata-Chapada-das-Mesas
Cachoeira da Prata – Chapada das Mesas – MA

A partir da cidade de Carolina você vai percorrer cerca de 30 km de estrada asfaltada, depois são mais 50 km de estrada de terra que vai exigir um carro 4×4. Por mais que você se considere um expert em ecoturismo, para evitar transtornos contrate um guia local.

Como você deve ter percebido, é uma aventura chegar até lá, mas garanto que seu esforço vai ser recompensado. A visão é hipnotizante, imagem única no planeta.

Tem muitas trilhas e com a ajuda do guia você vai descobrir outras quedas d’água fascinantes. A Cachoeira da Prata fica próxima da Cachoeira São Romão, mas não é aconselhável o banho por causa da sua grande profundidade.

As cachoeiras ficam em 2 propriedades privadas e é cobrada uma pequena taxa de entrada a título de manutenção. No local tem restaurante e banheiros.

Cachoeira do Dodô e Portal da Chapada

Pra-todos-verem:Cachoeira-do-Dodo-Chapada-das-Mesas
Cachoeira do Dodô – Chapada das Mesas – MA

A Cachoeira do Dodô é um lugar muito bonito e gostoso para tomar banho e descansar em redes espalhadas embaixo das árvores. Fica em propriedade particular, a 23,3 km de Carolina.

Tem um restaurante simples mas que serve uma boa refeição, é de propriedade de seu Dodô, dono da área. Para chegar basta observar as placas na rodovia Transamazônica. O acesso fica a 8 km depois de passar pelo Complexo da Pedra Caída.

Não deixe de conhecer o Portal da Chapada na volta da visita da Cachoeira do Dodô. Uma grande pedra furada que sugere a ideia de um portal, por onde você pode vislumbrar toda a beleza da Chapada das Mesas.

Oferece uma visão panorâmica do Cerrado, do Morro do Chapéu e outros. Uma cena inesquecível do portal e o pôr do sol no final da tarde lá longe no horizonte.

Pra-todos-verem:Portal-da-Chapada-das-Mesas-jpg
Portal da Chapada das Mesas – MA

Estância Ecológica Vereda Bonita

Esse lugar é espetacular para fazer trilhas, tomar banho de rio de água cristalina e quentinhas nos cânions, fica na cidade de Carolina em propriedade particular.

O Marcelo proprietário da estância, é uma pessoa simpaticíssima e nos guiou pelo passeio. O importante é ter bastante disposição para fazer caminhadas rústicas de dificuldade pesada, média ou fácil, tem para todos os gostos.

A Estância Ecológica Vereda Bonita oferece acompanhamento de trilhas para grupos de 3ª idade, então dá pra todo mundo usufruir. A idade não é fator limitante. Entre um trecho e outro você pode fazer pausas para nadar nos rios e tomar banhos de cachoeira.

Pra-todos-verem:Estancia-Ecologica-Vereda-Bonita-Chapada-das-Mesas
Estância Ecológica Vereda Bonita

O passeio fica bem mais interessante na companhia de um guia para conhecer todos os pormenores da região, o nosso guia estava acompanhado de um cão que nos divertiu durante o passeio inteiro. Conhecemos várias frutas comestíveis que nunca havíamos visto antes.

Trilha Morro do Chapéu

Para subir até o topo deste ícone da Chapada das Mesas, é preciso ter muita disposição. A subida de cerca de 365 metros, é coberta de pedras escorregadias, exigindo, portanto habilidade e bom preparo físico.

O que mais atrai os visitantes além da beleza, são as lendas místicas que envolvem o monumento. Reza a lenda que o Morro era o principal ponto dos rituais dos indígenas da região.

Pra-todos-verem:Morro-do-Chapeu-Chapada-das-Mesas

Empresas de ecoturismo no Maranhão

Pacotes de viagem para Chapada das Mesas

Recomendações finais

  • Práticas de esportes radicais só podem ser realizadas acompanhadas por guias de agências especializadas em esporte de aventura.
  • Use roupas leves, bonés ou chapéu, o sol é escaldante.
  • Calce tênis apropriados para trilhas e caminhadas rústicas
  • Abuse de protetor solar
  • Use repelentes, todo ambiente de rios e matas têm mosquitos e outros insetos que incomodam
  • Consuma bastante líquido durante as caminhadas e atividades.

Agora é só se programar, arrumar as malas e partir. Tenho certeza de que você vai adorar esse destino de ecoturismo e aventura, um dos lugares mais bonitos do Brasil que todo mundo precisa conhecer.

Compramos nossas passagens aéreas pagando bem menos no site PassagensPromo e alugamos os carros pela Rentcars.

Veja outros assuntos que podem ser do seu interesse:

Gostou do conteúdo?

Avalie a seguir

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *