Pular para o conteúdo

Parque Nacional Chapada dos Veadeiros: um destino de natureza e aventura no coração do Brasil

A Chapada dos Veadeiros é um destino encantador para quem ama a natureza e quer e conhecer as paisagens exuberantes do cerrado. O parque foi criado pelo presidente Juscelino Kubitschek, em janeiro de 1961.

Em 2001 foi declarado Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO. Localizada no noroeste de Goiás, a região abriga o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, uma unidade de conservação que protege uma área de mais de 240 mil hectares.

É um bioma de Cerrado com diversas formações vegetais, centenas de nascentes, cachoeiras, cursos d’água, cânions e paisagens de beleza única no planeta e que se transformam de acordo com as estações do ano.

Com tantas belezas pra conhecer, é praticamente impossível conhecer o Parque Nacional Chapada dos Veadeiros numa única viagem. Já foi muito explorado pelo garimpo que hoje só existe como parte da história local.

A rota dos garimpeiros é hoje utilizada pelos visitantes que buscam uma aproximação mais intensa com a natureza, numa viagem emocionante pelo Cerrado brasileiro.

O Parque Nacional Chapada dos Veadeiros é administrado pelo Instituto Chico Mendes de Preservação Ambiental (ICMBio) que tem como objetivo a conservação da biodiversidade, a pesquisa científica e a educação ambiental.

Além de toda a beleza do local, você pode se deliciar com a comida típica do cerrado, curtir o clima alternativo e esotérico, conhecer o artesanato e visitar comunidades quilombolas tradicionais, como os Kalunga.

Pra-todos-verem:Parque-Nacional-Chapada-dos-Veadeiros-GO
Parque Nacional Chapada dos Veadeiros – GO

Leia também:

Sumário do post

Onde fica a Chapada dos Veadeiros

  • A Chapada dos Veadeiros fica no estado de Goiás, a região central do Brasil, a cerca de 230 km de Brasília. A região, compreende oito municípios do interior de Goiás: , Campos Belos
  • Alto Paraíso de Goiás
  • Vila de São Jorge
  • Cavalcante
  • Colinas do Sul
  • Campos Belos
  • Nova Roma
  • Teresina de Goiás
  • São João d’Aliança.

Apenas 4 cidades têm estrutura para receber turistas: Alto Paraíso de Goiás, a que melhor estrutura, Vila São Jorge, São João D’Aliança e Cavalcante.

Quando visitar a Chapada dos Veadeiros

A melhor época para visitar a Chapada dos Veadeiros é no período da seca, entre os meses de maio e setembro.

A temperatura varia pouco, mesmo no inverno os dias são quentes, ensolarados, perfeitos para curtir o dia nas cachoeiras.

Entre os meses de outubro a abril as chuvas dominam a Chapada dos Veadeiros e as paisagem mudam totalmente.

As cachoeiras aumentam consideravelmente o volume de água, há risco das trombas d’água, principalmente em dezembro e janeiro, período de maior precipitação de chuvas.

Sem dúvida que quando as cachoeiras ficam mais volumosas, o cenário é espetacular, mas algumas podem ficar inacessíveis ou perigosas.

Pra-todos-verem:Chapada-dos-Veadeiros-GO
Chapada dos Veadeiros – GO

Como chegar ao Parque Nacional Chapada dos Veadeiros

A melhor forma de chegar à Chapada dos Veadeiros é de avião ou ônibus até Brasília. Em seguida alugar um carro e seguir pela rodovia BR-020 até Alto Paraíso de Goiás, que fica a cerca de 2h30 de distância.

O acesso é feito pela BR-020, saindo de Brasília em direção à cidade de Formosa. Você pode ficar em Alto Paraíso ou seguir para as outras cidades base: Vila de São Jorge a 36 km, ou Cavalcanti, a 90 km pela GO-1181.

O carro 4×4 é o meio de transporte mais indicado para explorar as atrações da Chapada dos Veadeiros, pois muitas delas ficam em estradas de terra e distantes entre si.

Além disso, o carro te dá mais liberdade e autonomia para fazer os passeios no seu ritmo e sem depender de guias ou agências.

Recomendamos que você utilize carro alugado, até às cidades de Alto Paraíso, Vila de São Jorge e Cavalcanti as estradas são asfaltadas.

As estradas para as atrações do Parque Estadual Chapada dos Veadeiros, a maioria é de terra e ruim, vai danificar bastante o seu carro.

O que fazer na Chapada dos Veadeiros: Principais cachoeiras

As cachoeiras são os grandes atrativos da Chapada dos Veadeiros e cada uma delas é uma surpresa especial. São dezenas de opções para todos os gostos e níveis de dificuldade.

Durante a caminhada é possível ver vários animais silvestres e pássaros. As distâncias entre uma cachoeira e outra são grandes e o carro é o melhor meio de locomoção entre elas.

Caso você não queira se preocupar com os roteiros, pode contratar os serviços de uma agência de turismo. São tantas as cachoeiras que seria preciso escrever um livro para falar de todas elas.

Confira a seguir as melhores cachoeiras da Chapada dos Veadeiros.

Pra-todos-verem:Chapada-dos-Veadeiros-GO
Chapada dos Veadeiros – GO

Complexo do Boqueirão

Talvez você ainda não tenha ouvido falar sobre esta atração. Ela é a mais recente sugestão para colocar no seu roteiro sobre o que fazer na Chapada dos Veadeiros.

Foi aberta em 2020, para a visitação pública pelos donos da fazenda. Fica a 70 km de Cavalcanti em uma fazenda particular, sentido Cachoeira de Santa Bárbara, uns 50 km depois.

O Complexo do Boqueirão fica na divisa do estado de Goiás com Tocantins, você pode até dar uma esticadinha e conhecer o Jalapão no Tocantins.

Tem estrutura completa para receber os turistas, o que facilita muito para quem deseja ter um ponto de apoio na Chapada dos Veadeiros, para alimentação e água.

O serviço de alimentação (almoço e lanche) precisa ser encomendado antes, caso você deseje passar o dia nesta paisagem espetacular sem precisar carregar muita bagagem.

A comida é preparada numa cozinha bem rústica no fogão a lenha, com produtos da região, o que confere um sabor especial, sem contar o acolhimento especial da família da dona Valmira, que prepara as refeições.

A trilha é de fácil acesso, bem estruturada, de apenas 300 metros, te conduz a conhecer poços de água cristalinas, cachoeiras, paisagens incríveis, com uma rica diversidade de fauna e flora.

Para visitar a última cachoeira é preciso preparo físico para subir uma escada de 304 degraus. A cachoeiras e piscinas naturais.

A visitação é permitida apenas com o acompanhamento de um guia para a preservação do meio ambiente e segurança dos visitantes. O ingresso custa R$40,00 por pessoa. É altamente recomendado ir de carro 4×4.

Pra-todos-verem:Complexo-do-Boqueirão-Chapada-dos-Veadeiros-GO
Complexo do Boqueirão – Chapada dos Veadeiros – GO

Complexo do Canjica

O complexo do canjica é um conjunto de cachoeiras, poços, cânions e mirantes localizado na divisa de Goiás e Tocantins, a cerca de 75 km da cidade de Cavalcante – GO.

É um dos lugares mais incríveis da Chapada dos Veadeiros, uma região de grande beleza natural e diversidade biológica.

O complexo do canjica possui cinco atrativos principais: o Poço das Pedras, o Poço das Águas Lindas, o Cânion das Águas Lindas, a piscina de borda infinita e a Cachoeira do Canjica.

Além desses, há muitas outras piscinas naturais, formações geológicas, cavernas e mirantes que oferecem vistas espetaculares da planície do Paranã.

Uma das vantagens de visitar o complexo do canjica é que a água tem uma temperatura bem agradável e não é congelante como as outras cachoeiras da Chapada dos Veadeiros.

Outra é que o local é pouco explorado e preservado, sendo necessário contratar um guia para acessá-lo. O custo do ingresso para visitar o complexo do canjica é de R$50 por pessoa, pagos em dinheiro na entrada.

O custo do guia varia de acordo com o número de pessoas por grupo, mas gira em torno de R$250. O guia pode ser contratado no Centro de Atendimento ao Turista de Alto Paraíso, São Jorge ou Cavalcante.

Para chegar até o complexo do canjica partindo de Cavalcante, é preciso percorrer uma estrada de terra que pode estar em boas ou más condições dependendo da época do ano.

Recomenda-se ir com um carro 4×4 ou dividir a viagem com outros visitantes. Também é possível pernoitar no quintal do Seu Altinho, proprietário do complexo, acampando e levando todo o equipamento necessário.

A melhor época para visitar o Complexo do Canjica se você quer ver as águas cristalinas e com cores variadas, o ideal é ir de maio a outubro, quando as chuvas são menos frequentes na região.

Nesse período, a visibilidade da água é maior e o risco de cabeça d’água é menor. De novembro a abril, as chuvas são mais intensas na região.

Nesse período, a paisagem fica mais verde e as cachoeiras mais volumosas, mas também há mais chances de trombas d’água e estradas ruins.

Em qualquer época do ano, é importante contratar um guia para visitar o complexo do canjica, pois o local é pouco explorado e preservado, e requer cuidados especiais. O guia também pode fornecer informações sobre a fauna, a flora e a cultura local.

Pra-todos-verem:Complexo-do-Canjica-Chapada-dos-veadeiros-TO
Complexo do Canjica – Chapada dos Veadeiros – TO

Cachoeira das Sete Quedas

A travessia das Sete Quedas, consiste em uma trilha de 23,5 km que atravessa o Rio Preto e seus afluentes, passando por paisagens variadas de cerrado, campos rupestres e campos limpos.

Este provavelmente será o passeio mais longo e bonito que você fará em sua viagem à Chapada dos Veadeiros.

A trilha também oferece a oportunidade de conhecer o Cânion I, o Cânion II, a Cachoeira da Carioca e as Sete Quedas, que são cachoeiras em sequência que formam poços para banho.

A travessia pode ser realizada em um, dois ou três dias, dependendo do ritmo e da disposição do visitante. Há uma área de camping próxima às Sete Quedas, que tem uma estrutura simples, mas suficiente para pernoitar.

Na entrada do Parque tem um centro de visitantes com lanchonete e loja de conveniência. A orientação na trilha é feita por meio de setas vermelhas e laranjas, que indicam o caminho a seguir.

O nível de dificuldade da travessia é classificado como muito pesado, pois há trechos longos, íngremes e pedregosos, além de exposição ao sol e ao calor.

No site Parquetour você compra os ingressos para todos os passeios e transporte. Para fazer a travessia, você precisa reservar sua vaga com antecedência. O custo é de R$18,00 por pessoa.

As vagas são limitadas e podem se esgotar rapidamente, por isso é bom planejar sua viagem com antecedência. As reservas podem ser feitas no site do ICMBio.

Este é apenas um resumo da atração, para saber mais, organizar seu passeio e traçar o seu roteiro acesse o nosso post “ Travessia das Sete Quedas – Chapada dos Veadeiros”.

Pra-todos-verem:Cachoeira-das-Sete-Quedas-Chapada-dos-Veadeiros-GO
Cachoeira das Sete Quedas – Chapada dos Veadeiros – GO

Cachoeira Santa Bárbara

É a mais cobiçada e famosa da região, por causa da sua água cristalina em tons de azul turquesa. Ela fica no território Kalunga, em Cavalcante, numa comunidade quilombola.

Tem uma queda de 30 metros que forma lindas piscinas naturais. Antes de chegar à Cachoeira Santa Bárbara, tem uma cachoeira menor chamada de Santa Barbarinha.

É preciso contratar um guia local e chegar cedo para garantir a entrada. A trilha é leve, são 4 km ida e volta. Os guias são extremamente simpáticos e te darão uma aula sobre a fauna, a flora e a história da comunidade quilombola.

Não é uma cachoeira para passar o dia, pois a entrada é controlada, 300 visitantes por dia e a permanência na cachoeira é de uma hora.

É praticamente o tempo de tomar um banho rápido e fazer as fotos, rende fotos espetaculares. O melhor horário para visitar a cachoeira é por volta das 11 horas, quando o sol está bem em cima dela.

Depois do passeio você pode almoçar no restaurante da comunidade, a comida é muito boa, feita no fogão a lenha.

A entrada custa R$55,00 por pessoa, mais R$200,00 para o guia por grupo de até 6 pessoas, mais o transporte. Em Cavalcanti você vai encontrar muitas outras cachoeiras maravilhosas por um custo menor.

Pra-todos-verem:Cachoeira-de-Santa-Barbara-Chapada-dos-Veadeiros-GO
Cachoeira de Santa Bárbara – Chapada dos Veadeiros – GO

Vale da Lua

O Vale da Lua é uma das atrações turísticas mais visitadas do parque. Esse com certeza tem que estar na sua lista sobre o que fazer na Chapada dos Veadeiros.

O vale é conhecido por suas formações rochosas esculpidas pelo rio São Miguel ao longo de milhões de anos, que lembra a superfície lunar.

O Vale da Lua está localizado a cerca de 15 quilômetros da cidade de Alto Paraíso de Goiás. A trilha para o vale é de cerca de 4 quilômetros e tem dificuldade média.

A trilha é bem sinalizada e oferece belas vistas do vale ao longo do caminho. No vale, os visitantes podem admirar as formações rochosas, fazer caminhadas, nadar nas piscinas naturais e apreciar a paisagem.

O Vale da Lua é um lugar perfeito para relaxar e se reconectar com a natureza. A melhor época para apreciar a atração é na estação seca (de abril a setembro), quando o clima é mais agradável.

O local tem várias quedas d’água e piscinas naturais e corredeiras para se banhar. Fica a 9 km da Vila São Jorge pela GO-239. É realmente uma visão lunática!

Pra-todos-verem:Vale-da-Lua-Chapada-dos-Veadeiros-GO
Vale da Lua – Chapada dos Veadeiros – GO

Catarata dos Couros

É um complexo de quedas e poços ao longo do rio dos Couros, que impressiona pela força e volume de água. Fica a 57 km de Alto Paraíso pela GO-118 e depois por uma estrada de terra por cerca de 35 km.

A trilha segue margeando o rio e tem cerca de 4 km (ida e volta) e passa por vários mirantes e outras cachoeiras. A estrutura é bem simples, apenas com uma pequena cobertura.

É possível fazer uma refeição caseira no local, você deve contratar o almoço antes de iniciar o passeio. Custa entre R$45,00 e R$50,00 por pessoa. Esse é um passeio que ocupa o dia todo.

Leve lanche e água para passar o dia. Não tem restaurante e nem banheiro no atrativo. Existem duas trilhas de acesso, a de cima que passa pelo mirante exige a presença de um guia, a trilha de baixo é auto guiada.

Logo no início da caminhada tem a Cachoeira da Muralha, muito bonita que você pode aproveitar na volta. A trilha é fácil, sendo a parte de baixo dispensada a obrigatoriedade de guia.

Basta seguir o rio até chegar na Cachoeira Almécegas 1000, que é uma das últimas cachoeiras deste roteiro. O trecho da trilha para a Almécegas 1000, é um pouco mais difícil, sendo necessário utilizar as cordas para a descida.

O visual é deslumbrante, vale o esforço para chegar à cachoeira que é dividida em duas partes, a parte de baixo onde tem o poço principal e a parte de cima.

Vale muito a pena chegar até o mirante e apreciar essa maravilha do alto. O acesso à Catarata dos Couros é gratuito, mas convém deixar uma contribuição para o pessoal que toma conta dos carros.

Pra-todos-verem:Catarata-dos-Couros-Chapada-dos-Veadeiros-GO
Catarata dos Couros – Chapada dos Veadeiros – GO

Saltos do Rio Preto

São as cachoeiras mais clássicas do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. Fica no Vilarejo de São Jorge, a 35 km de Alto Paraíso de Goiás.

Com certeza não pode faltar na sua lista sobre o que fazer na chapada dos Veadeiros. O passeio é pago, com preços diferentes para moradores, brasileiros e estrangeiro.

Você pode conferir os valores e adquirir os ingressos online no site do ICMBio. São 4 os principais atrativos: o Salto de 120 metros, só dá para fotografar, o Salto de 80 metros, a Cachoeira do Carrossel e as corredeiras.

A trilha tem cerca de 13 km (ida e volta) e passa também pela Cachoeira das Cariocas. Elas são formadas pelo Rio Preto, que corta o parque de norte a sul.

As cachoeiras estão localizadas em uma área de beleza natural exuberante, com florestas, rios, cachoeiras e mirantes.

Pra-todos-verem:Corredeiras-Saltos-do-Rio-Preto-Chapada-dos-Veadeiros-GO
Corredeiras Saltos do Rio Preto – Chapada dos Veadeiros – GO

Sem dúvida a trilha é incrível, com muita vegetação e muitos animais silvestres, mas é preciso um bom preparo físico e muita disposição.

O acesso às cachoeiras é feito por uma trilha de cerca de 4 quilômetros, com dificuldade média a difícil, bem desafiadora, é bem sinalizada e oferece belas vistas do parque. A primeira parada é no Salto de 120 metros, não tem trilhas para chegar até lá, só pode ser vista de cima.

Caminhando cerca de 800 metros a gente chega na segunda parada, a Salto de 80m metros, também conhecida como Cachoeira do Garimpão, tem uma piscina natural bem grande e pequenas corredeiras.

É preciso nadar um pouco afastada da queda d’água que desce com uma força descomunal. Na terceira parada tem a Cachoeira do Carrossel, a trilha em grande parte é feita de madeira.

O trajeto à beira do grande cânion do Rio Preto, vai te deixar pasmo diante de tão rara beleza. A queda é menor, mas tem um ótimo poço para banho. A Cachoeira do Carrossel só pode ser visitada na época da seca, de maio a outubro.

As cachoeiras Saltos do Rio Preto são um ótimo lugar para relaxar, se refrescar e praticar atividades como caminhada, camping e pesca.

Pra-todos-verem:Cachoeira-Carrossel-Saltos-do-Rio-Preto-Chapada-dos-Veadeiros-GO
Cachoeira Carrossel – Saltos-do-Rio-Preto-Chapada-dos-Veadeiros-GO

Cachoeira do Segredo

É uma das mais belas e surpreendentes da Chapada dos Veadeiros. Ela fica entre Alto Paraíso e São Jorge, e tem uma queda de 115 metros que forma um poço profundo de água verde em meio a um cânion.

Localizada em Alto Paraíso de Goiás, a cerca de 40 km do centro da cidade e a 13 km da Vila de São Jorge. A partir de São Jorge são dez km de asfalto pela GO-239, sentido oposto a Alto Paraíso.

Na estação da seca para para seguir atravessando de carro os 3 riachos pelo caminho, na estação chuvosa você tem que deixar o carro no primeiro ponto e seguir a pé.

O acesso é por uma trilha de 12 km (ida e volta) que passa por outras cachoeiras menores. A cachoeira recebe esse nome porque era um local escondido pelos garimpeiros que buscavam ouro e cristais na região.

Para chegar à Cachoeira do Segredo, é preciso percorrer uma trilha de cerca de 8 km (ida e volta) na época da seca ou de 16 km (ida e volta) na época da chuva, quando os rios ficam mais cheios e impedem a passagem dos carros.

A trilha é de dificuldade nível médio e tem várias travessias por dentro de rios, com águas que podem chegar até a cintura de um adulto, passando por piscinas naturais, praias de areia branca e mirantes com belas vistas.

A trilha é bem sinalizada com setas vermelhas e laranjas e não é necessário contratar um guia. O poço tem cerca de 10 metros de profundidade. A água é tão gelada, que chega a doer.

A beleza da cachoeira é surreal, mas oferece riscos, siga as regras de segurança ditadas pelo guia de plantão no local. O horário de funcionamento é das 8h às 17h. Não há infraestrutura no local, apenas banheiros secos.

É recomendável levar lanche, água, protetor solar, repelente, toalha e roupa seca. O banho na cachoeira é permitido apenas na parte de baixo, onde há um poço grande e fundo.

Na parte de cima, há uma placa proibindo o acesso por questões de segurança. A entrada para a Cachoeira do Segredo custa R$50,00 por pessoa e pode ser paga apenas em dinheiro.

Pra-todos-verem:Cachoeira-do-Segredo-Chapada-dos-Veadeiros-GO
Cachoeira do Segredo – Chapada dos Veadeiros – GO

Cachoeira Loquinhas

A Cachoeira Loquinhas é uma das cachoeiras mais acessíveis e encantadoras da Chapada dos Veadeiros, localizada em uma fazenda de ecoturismo em Alto Paraíso de Goiás, a cerca de 4 km do centro da cidade.

É uma propriedade privada em Alto Paraíso, com ótima infraestrutura. A entrada custa R$30,00 por pessoa e pode ser paga apenas em dinheiro. Crianças até 12 anos não pagam.

A cachoeira é formada por um complexo de sete poços de água cristalina e verde-esmeralda, que convidam para um banho refrescante e relaxante.

A cachoeira recebe esse nome porque tem várias locas, que são pequenas grutas nas pedras. Para chegar à Cachoeira Loquinhas, é preciso percorrer três trilhas de nível fácil, que somam 2,2 km de caminhada (ida e volta).

As trilhas são feitas em passarelas de madeira, com corrimão e escadas, que facilitam o acesso e preservam a vegetação do cerrado. São bem sinalizadas com placas indicando os nomes dos poços e as distâncias.

Pra-todos-verem:Cachoeira-Loquinhas-Chapada-dos-Veadeiros-GO
Cachoeira Loquinhas – Chapada dos Veadeiros – GO

O horário de funcionamento é das 8h às 17h. Não há infraestrutura no local, apenas banheiros secos. É recomendável levar lanche e água, protetor solar, repelente, toalha e roupa seca.

A Cachoeira Loquinhas é uma ótima opção para quem quer curtir a natureza sem muito esforço físico, a trilha fácil e poços rasos e tranquilos.

É ideal para quem está viajando com crianças, idosos ou pessoas com mobilidade reduzida. Aproveite a caminhada e conheça o Poço do Lobo Guará, por uma trilha fácil, feita de madeira.

Cachoeira da Capivara

A Cachoeira da Capivara, é outra cachoeira de beleza inexplicável que fica dentro da Fazenda Loquinhas. Não é necessário contratar um guia, o percurso é autoguiado.

Tem duas quedas, um poço bem grande, um cânion e uma vista linda para o Vão do Moleque. A trilha tem cerca de 3 km (ida e volta) e passa por outras cachoeiras menores. Preço do ingresso: R$30,00 por pessoa.

Pra-todos-verem:Cachoeira-da-Capivara-Chapada-dos-Veadeiros-GO
Cachoeira da Capivara – Chapada dos Veadeiros – GO

Cachoeira Almécegas I

Fica em propriedade particular, na Fazenda São Bento, que tem estrutura completa, com restaurante, coffee shop e pousada, mas também pode-se visitar para passar o dia pagando uma taxa.

Fica entre Alto Paraíso e a Vila São Jorge, é a cachoeira mais imponente, tem 45 metros de altura e jorra em formato de véu de noiva.

Tem um paredão ao lado perfeito para rapel e um poço grande e profundo para banho. Apesar da região ser quente, a água das cachoeiras é bem gelada.

Antes de chegar no poço, tem um mirante de onde se pode apreciar toda essa beleza do alto. É uma visão de deixar qualquer um boquiaberto!

Antes do mirante tem as piscinas naturais que se formam no topo da Cachoeira Almécegas I, tem uma escadinha de madeira que facilita o acesso. A trilha é fácil, tem cerca de 2 km ida e volta, o final da trilha é bem íngreme.

Pra-todos-verem:Cachoeira-Almecegas-I-Chapada-dos-Veadeiros-GO
Cachoeira Almécegas I – Chapada dos Veadeiros – GO

Cachoeira Almécegas II

Depois de visitar a Cachoeira Almécegas I, pegue o carro e siga rumo a Cachoeira Almécegas II. É uma cachoeira menor, com apenas 8 metros de altura, mas com uma piscina de águas tranquilas e cristalinas.

Perfeitas para um banho relaxante, com mais tempo de sol. Também fica na Fazenda São Bento, mas com acesso mais fácil, apenas 300 metros de caminhada.

Cachoeira São Bento

Depois de visitar as cachoeiras Almécegas I e Almécegas II, é hora de conhecer a cachoeira São Bento. O acesso é o mais fácil, próximo da entrada da fazenda. O início da trilha fica em frente da portaria.

A trilha tem apenas 300 metros e das três, é a que tem o poço maior. Você pode adquirir o ingresso para as três cachoeiras ou apenas para a cachoeira São Bento.

É a melhor opção para quem procura o que fazer na Chapada dos Veadeiros e tem mais dificuldade para percorrer trilhas.

Pra-todos-verem:Cachoeira-Sao-Bento-Chapada-dos-Veadeiros-GO
Cachoeira São Bento – Chapada dos Veadeiros – GO

Cachoeira Macaquinhos

O Complexo dos Macaquinhas é um lugar bem interessante para você colocar no seu roteiro sobre o que fazer na Chapada dos Veadeiros, tem duas cachoeiras incríveis que vão te deixar de boca aberta.

É um maravilhoso complexo de cachoeiras e poços de águas verdes. Fica a 65 km de Alto Paraíso, passando pelo mirante do Vão do Paraná, onde acaba a chapada com um desnível de 80 metros de altura.

Para chegar até lá, siga a BR-020 sentido Brasília. A trilha tem cerca de 8 km (ida e volta) e passa por vários pontos para banho.

Se o seu carro não for apropriado para estradas de terra, com tração 4×4, deixe-o no estacionamento e siga a pé. Na entrada da atração você vai encontrar a placa com valores do ingresso e do camping.

Vá com calçado fechado e reforçado, a trilha é de pedra. A estrutura é bem simples, mas atende o básico. Muitas cachoeiras não têm placa de sinalização, mas a gente consegue encontrá-las pelo som das águas.

A primeira cachoeira é a de Macaquinhos, a segunda é a da Caverna com uma queda d’água de 50 metros e a última é a do Encontro, onde se encontram as cachoeiras de Macaquinhos e de Fundão e formam a piscina.

Pra-todos-verem:Complexo-Macaquinhos-Chapada-dos-Veadeiros-GO
Complexo Macaquinhos – Chapada dos Veadeiros – GO

Cachoeira Poço Encantado

A Cachoeira Poço Encantado é uma das atrações que não pode faltar na sua lista sobre o que fazer na Chapada dos Veadeiros.

Localizada na Fazenda Rio de Pedra, a cerca de 52 km ao norte de Alto Paraíso de Goiás e a 274 km de Brasília.

Na altura do km 216, a parte de cima da cachoeira já pode ser avistada. É uma queda de água cristalina que forma uma piscina natural cercada por areia branca e vegetação exuberante.

A cachoeira tem 38 metros de altura e é dividida em duas partes, separadas por um pequeno platô, uma queda d’água de 20 metros que fica na parte de baixo e a outra na parte de cima com 18 metros.

A Cachoeira Poço Encantado é ideal para quem quer relaxar e se refrescar, tem um fácil acesso pela rodovia GO-118 por uma trilha leve de apenas 200 metros.

Não é necessário contratar um guia, pois a trilha é bem sinalizada com setas vermelhas e laranjas. A entrada custa R$50,00 por pessoa e pode ser paga apenas em dinheiro.

A Cachoeira Poço Encantado tem uma boa infraestrutura para receber os visitantes, com banheiros, lanchonete, restaurante, pousada e aluguel de pranchas de SUP.

É uma ótima opção para quem está viajando com crianças ou pessoas que não gostam de caminhar muito. A cachoeira tem uma bela vista e um clima encantador.

Além de toda a beleza do local, é muito procurada pelos visitantes pela sua excelente estrutura com restaurante, lanchonete e uma ótima pousada.

Os hóspedes da pousada não pagam ingresso para a cachoeira. Siaba os valores dos ingressos e da pousada se desjar hospedagem, no site Cachoeira Poço Encantado. Telefones de contato: (61) 99936-0160 (WhatsApp) ou (62) 99676-1509.

Pra-todos-verem:Cachoeira-Poco-Encantado-Chapada-dos-Veadeiros-GO
Cachoeira Poço Encantado – Chapada dos Veadeiros – GO

Cachoeira dos Cristais

A cachoeira dos Cristais é um complexo de várias cachoeiras maravilhosas e muitos poços de águas cristalinas para banho com vista espetacular da Serra da Baliza e do Vale do Moinho.

Ela fica em uma propriedade privada que cobra uma taxa de entrada de R$40,00 por pessoa e oferece infraestrutura, lanchonete, área de camping, banheiro, estacionamento, redário e playground.

Na entrada tem uma recepção com um espaço bem bonito, com bar, restaurante, mesas, cadeiras e redes espalhadas pelo terreno. Você paga a entrada e recebe a pulseira de identificação.

A trilha é de nível fácil, mas requer atenção porque tem muitas pedras soltas. A cachoeira dos Cristais é ideal para toda a família com crianças e idosos pela facilidade de acesso.

Para chegar à cachoeira dos Cristais, você deve seguir pela estrada asfaltada GO-118, sentido município de Cavalcante. Na altura do km 172, você vai avistar na beira da rodovia, a placa indicando o caminho para a Cachoeira dos Cristais.

A partir daí, siga por mais 3 km de estrada de terra até a sede da cachoeira. No local, há duas trilhas que não exigem guia, são bem sinalizadas, para descobrir os poços e cachoeiras do complexo.

Você vai encontrar pelas trilhas, uma sequência de cachoeiras com acesso mais difícil, uma mais linda que a outra, e poços, um deles é o Poço da Vovó, de fácil acesso, pertinho do restaurante.

O poço é raso, ideal para quem não sabe nadar. O camping custa R$50,00 por pessoa com direito a usufruir de toda a estrutura, é rústica, mas muito boa.

O percurso total é curto e bem fácil de ser percorrido. O percurso para a Cachoeira dos Cristais, tem menos de 500 metros pela trilha principal.

A segunda trilha leva à Cachoeira da Água Fria, que fica praticamente sem água no período da seca. Durante o período da chuva, essa cachoeira fica mais bonita e vale a pena ser visitada.

O complexo abre para o público todos os dias, das 9h às 18h. Aproveite a trilha para conhecer também o espetacular cânion, tem uma altura que causa vertigem ao olhar para baixo, favorece fotos incríveis.

Pra-todos-verem:Cachoeira-dos-Cristais-Chapada-dos-Veadeiros-GO
Cachoeira dos Cristais – Chapada dos Veadeiros – GO

Onde se hospedar na Chapada dos Veadeiros

As opções de hospedagem na região do Parque Nacional Chapada dos Veadeiros são variadas e dependem do seu estilo de viagem, orçamento e preferência de localização.

Você pode escolher entre as três principais Cidades base: Alto Paraíso de Goiás, Vila de São Jorge e Cavalcante.

Alto Paraíso de Goiás

É a cidade base com maior estrutura, entre as cidades base, é a que tem maior número de pousadas, restaurantes, comércio e serviços.

Fica mais próxima das cachoeiras dos Cristais, São Bento, Almécegas I e II, Catarata dos Couros, de Macaquinhos, das Loquinhas e outras.

  • Villa Tereza. 4★. Rua Azaleia, Quadra 19 A, lote 12/13 Bairro Eldorado, Alto Paraíso de Goiás. Comodidades: café da manhã, frigobar, ar-condicionado, TV, piscina, Wi-fi, banheiro privativo, piscina e estacionamento.
  • Pousada Lua Clara. 4★. Avenida Abílio Szervinsks, Quadra 10, lotes 17 a 20, Setor Novo Horizonte, Alto Paraíso de Goiás. Comodidades: café da manhã, frigobar, TV, Wi-fi, ar-condicionado, banheiro privativo e estacionamento.
  • Pousada Casa de Shiva. 4★. Rua Quaresmeira, Qd 06, LT 05. Residencial Eldorado, Alto Paraíso de Goiás. Comodidades: café da manhã, TV, Wi-fi, ar-condicionado, frigobar, banheiro privativo, piscina e sauna. Fala inglês e português.
  • Pousada Aconchego Chapada. 3★. Rua Elísio Bandeira, quadra 61, lote 2B, Alto Paraíso de Goiás. Comodidades: café da manhã, frigobar, ar-condicionado, TV, banheiro privativo, academia e estacionamento. Pet friendly. Sem internet.
  • Veja mais pousadas em Alto Paraíso de Goiás no Booking.
Pra-todos-verem:Pousada-Casa-de-Shiva-Alto-Paraiso-de-Goias-GO
Pousada Casa de Shiva – Alto Paraíso de Goiás – GO

Vila de São Jorge

É um povoado charmoso, rústico e alternativo, sem asfalto e com clima hippie. É uma opção mais rústica de hospedagem. Porém fica mais próxima da natureza e do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros.

As opções de hospedagem na Vila de São Jorge são mais limitadas e os preços um pouco maiores. Tem alguns bares, restaurantes e feirinhas para curtir a noite.

  • Pousada Caminho Das Cachoeiras. 4★. Rua 12, Quadra 16, Lote 01, Vila de São Jorge, São Jorge. Comodidades: café da manhã, ar-condicionado, frigobar, TV, banheiro privativo, piscina, sauna e estacionamento. Sem internet.
  • Pousada Bambu Brasil. 4★. Rua 1, Quadra 01, Lote 08, s/n – São Jorge I, Alto Paraíso de Goiás. Comodidades: café da manhã, frigobar, ar-condicionado, TV, Wi-fi, banheiro privativo, bar, restaurante, lanchonete e piscina. Pet friendly. Fala inglês e português.
  • Veja outras pousadas na Vila São Jorge, Alto Paraíso de Goiás no Booking.

Cavalcante

É a cidade mais distante de Brasília (320 km) e a menos desenvolvida turisticamente. É uma opção mais tranquila e barata de hospedagem na Chapada dos Veadeiros, mas também mais isolada e com menos opções de lazer.

Fica próxima da Cachoeira Santa Bárbara, a mais famosa da região, e do território Kalunga, uma comunidade quilombola que preserva a cultura e a natureza locais.

  • Pousada Toca da Raposa. 5★. Saída para Colinas, Km 1, Cavalcante, Goiás. Comodidades: café da manhã, ventilador, frigobar, TV, Wi-fi, banheiro privativo e estacionamento.
  • Pousada Varanda da Serra. 4★. Estrada Cavalcante→Colinas, KM 2, Cavalcante, área rural, Cavalcante, Goiás. Comodidades: Café da manhã, frigobar, ar-condicionado, TV com serviço de streaming, Wi-fi, banheiro privativo, piscina, bar, terraço, churrasqueira e estacionamento.
  • Pousada Vale das Araras. 4★. Estrada Cavalcante→Colinas do Sul, km 3 – Zona Rural, Cavalcante. Comodidades: café da manhã, frigobar, ar-condicionado, banheiro privativo, piscina, sauna, bar, restaurante. No momento sem TV e sinal de internet fraco.
  • Veja mais opções de pousadas em Cavalcante – GO, no Booking

Depois que você fizer essa viagem ao Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, vai retornar com outra visão de mundo, ao descobrir como a natureza é bela e generosa, especialmente com o Brasil.

Se encantar com a simplicidade e simpatia dos moradores e perceber que a felicidade pode estar nas coisas mais simples e grandiosas como contemplar e conviver com as belezas naturais.

Se você é amante de ecoturismo, veja outros artigos que podem te interessar:

Gostou do conteúdo?

Avalie a seguir

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *