Pular para o conteúdo

O que fazer em Ouro Preto: dicas e roteiro completo

Anúncios

Antes de saber o que fazer em Ouro preto, talvez você queira saber um pouco da história da cidade. Falar de Ouro preto é falar de lutas, reviravoltas, conquistas, riquezas e de heróis que deram início ao grito de liberdade.

É uma das cidades turísticas de Minas Gerais mais visitadas. Destino mineiro que conta não somente a história de Minas Gerais, mas também do Brasil, principalmente pela luta dos inconfidentes contra o domínio e exploração de Portugal e pela escravidão no período colonial.

Seu primeiro nome foi Vila Rica, em 1823 recebeu de Dom Pedro I o nome de Ouro Preto e foi sede do governo de Minas Gerais até 1901, quando a capital de Minas foi transferida para Belo Horizonte. Em 1980 a Unesco declarou Ouro Preto como patrimônio da humanidade, sendo uma das primeiras cidades do mundo a conseguir esse título.

Por causa da abundância de ouro, Ouro preto atraiu gananciosos, gerou muita cobiça e intrigas, mas também foi o berço das artes como pinturas, esculturas e arquitetura. A história de Ouro Preto é bem longa e a melhor maneira de conhecê-la fazer um tour guiado pela cidade.

Ouro Preto, reúne o maior acervo artístico e histórico do Brasil colônia, um verdadeiro museu a céu aberto. É uma belíssima cidade histórica e o mais importante acervo da memória nacional.

Anúncios

Leia também:

O que fazer em Ouro Preto principais atrações

O turismo em Ouro Preto é histórico, cultural, gastronômico e ecoturístico. Tem museus, igrejas históricas, artes sacras, construções da era colonial em estilo barroco, muitas trilhas e cachoeiras. Visitar Ouro Preto é vivenciar a história, um pouco triste na verdade, mas importante para os primeiros passos para a libertação do Brasil do jugo de Portugal.

Nos seus muitos prédios históricos será possível conhecer as obras de Antônio Francisco Lisboa, “o Aleijadinho”, do seu pai Manuel Francisco Lisboa, do mestre Ataíde e de Francisco Xavier de Brito.

Se você gosta de cachoeiras e esportes radicais, entre os 12 distritos de Ouro Preto se destaca Lavras Novas, uma pequena vila que vive do turismo, recheada de cachoeiras e trilhas e muito procurada no inverno.

Veja nos links abaixo, onde fica, como chegar, onde comer, onde se hospedar e as principais atrações de Ouro Preto, que você não pode deixar de conhecer.

  1. Ouro Preto onde fica
  2. Como chegar em Ouro Preto
  3. Quando ir a Ouro Preto
  4. Praça Tiradentes 
  5. Principais pontos turísticos de Ouro Preto – igrejas
  6. Igreja São Francisco de Assis
  7. Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição
  8. Basílica de Nossa Senhora do Pilar
  9. Igreja Nossa Senhora do Rosário
  10. Igreja Nossa Senhora do Carmo
  11. Igreja Santa Efigênia dos Pretos
  12. Igreja Nossa Senhora dos Prazeres
  13. O que fazer em Ouro Preto – museus
  14. Museu do Aleijadinho
  15. Museu da Inconfidência
  16. Museu Casa dos Contos
  17. Minas de Ouro
  18. Feira De Pedra Sabão do Largo De Coimbra
  19. O que fazer em Ouro Preto – Lavras Novas
  20. Onde comer em Ouro Preto
  21. Onde ficar em Ouro Preto

Ouro Preto onde fica

Pra-todos-verem:O-que-fazer-em-Ouro-Preto-cidade-de-Ouro-preto-MG

Ouro Preto fica na Serra do Espinhaço, basta observar a sua topografia e seu entorno para ver montanhas por todos os lados, que ocupam 55% do seu território, o Pico do Itacolomy é o ponto mais alto da cidade.

Está distante de Belo Horizonte apenas 96 km. Faz divisa com várias cidades mineiras, ao sul com Ouro Branco, Catas Altas, Itaverava e Congonhas, a oeste com Belo Vale e Moeda, a leste com Mariana e ao norte com Itabirito e Santa Bárbara.

Como chegar em Ouro Preto

O aeroporto mais próximo é o da Pampulha ou o de Confins. Partindo de Belo Horizonte o acesso é pela BR 356. Partindo de São Paulo seguir pela BR 381 até BH e em seguida a BR 356 até Ouro Preto, partindo do Rio de Janeiro seguir pela BR 040 até BH e depois seguir pela BR 356.

Se for mais confortável pra você alugue um carro pela RentCars no aeroporto ou na cidade de Ouro Preto, faça isso com antecedência, principalmente em altas temporadas.

Quando ir a Ouro Preto

Excluindo a temporada de chuva, que é mais intensa em Minas Gerais de novembro a fevereiro, qualquer estação é ótima para visitar a cidade. No mês de julho, entre 6 e 22 de julho tem o famoso festival de inverno em Ouro Preto.

Na cidade tem programação praticamente o ano todo. Importante lembrete para colocar no seu roteiro sobre o que fazer em Ouro Preto. Veja todos os eventos do ano em Ouro Preto.

Principais pontos turísticos de Ouro Preto

As igrejas estão entre as principais atrações de Ouro Preto. São muito ricas em arte e ouro, foram construídas na era colonial, no auge da exploração de ouro em Minas Gerais. Na época a religião católica era predominante e ditava as regras, por isso tem tantas igrejas e obras sacras.

Mesmo não sendo religioso vale a pena conhecer as obras que contam parte da nossa história. Para se inteirar da história de todas elas, é importante fazer a visita guiada e ler todo o nosso artigo sobre o que fazer em Ouro Preto. Veja abaixo a relação de algumas delas.

Praça Tiradentes – Ouro Preto

É a praça central, monumento referencial da cidade e ponto de partida para os principais pontos turísticos de Ouro Preto. A Praça Tiradentes é considerada um marco da história de Minas Gerais.

O nome da praça é uma homenagem a Joaquim José da Silva Xavier, “Tiradentes”, o mártir da Inconfidência. Tiradentes foi o único inconfidente condenado à morte pela rainha portuguesa Dona Maria Primeira, “a louca”.

Foi enforcado no Rio de Janeiro e seu corpo foi esquartejado, salgado e espalhado pelo trajeto do Rio de Janeiro à antiga Vila Rica, hoje Ouro Preto. A sua cabeça foi exposta na praça que hoje tem o seu nome.

No local onde  se encontrava o poste onde sua cabeça foi exposta, hoje tem um monumento em sua homenagem. É uma passagem triste, mas é um dos pontos turísticos de Ouro Preto mais marcantes.

Na praça também estão localizados o Museu da Inconfidência, o Museu de Ciência e Técnica da Escola de Minas e o Centro Cultural e Turístico, muitas lojas de pedrarias, lanchonetes, restaurantes e pousadas

Pra-todos-verem:Praça-Tiradentes-Ouro-Preto
Praça Tiradentes – Ouro Preto – MG

Igreja São Francisco de Assis

A Igreja é uma obra rara e valiosa, construída no ano de 1766, no mais autêntico estilo barroco e rococó brasileiro. O projeto, a execução e o entalhamento foram feitos por Aleijadinho, a pintura e ornamentação de toda a igreja foi executada por Manuel da Costa Ataíde, mais conhecido como mestre Ataíde.

Os maiores destaques são as esculturas dos quatro apóstolos evangelistas: São João, São Mateus, São Lucas e São Marcos, no centro figura a imagem de Cristo pregando, numa barca. No teto tem a imagem da Assunção de Nossa senhora com querubins e serafins voando em torno.

As pinturas têm muito detalhes em ouro. Pouco se sabe sobre Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, que tinha uma vida cheia de mistérios, o que se sabe é que ele nasceu em em 1738, em Cachoeira do Campo, distrito de Ouro Preto e faleceu em novembro de 1814.

Era filho do português Manoel Francisco Lisboa com uma escrava africana. Recebeu o apelido de Aleijadinho por causa de uma doença que deformou suas mão e pés. Andava de joelhos e esculpia sua artes com os instrumentos amarrados nos braços.

A igreja tem tantos detalhes com esculturas e quadros retratando o mestre Aleijadinho, que é capaz de consumir o dia inteiro só na contemplação. Vale a pena contratar um guia para conhecer a história e a arte destes dois grandes mestres. Certamente que é um dos mais importantes pontos turísticos de Ouro Preto.

Pra-todos-verem: Igreja-Sao-Francisco-de-Assis-Ouro-Preto-MG
Igreja São Francisco de Assis – Ouro Preto – MG

Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição

Fica entre as praças de Antônio Dias e Barão de Queluz, uma das paróquias mais antigas da cidade. Foi o marco do nascimento de Vila Rica, primeiro nome de Ouro Preto. Sua construção se iniciou em 1699 por iniciativa do bandeirante Antônio Dias em 1699, que ergueu uma capela em homenagem a Nossa senhora da Conceição.

O projeto e a construção foi feita pelo pai de Aleijadinho, Manoel Francisco Lisboa. No interior desta igreja estão os restos mortais de Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, enterrados em 1814, e de seu pai Manuel Francisco Lisboa.

Infelizmente muitos documentos foram perdidos, vários outros autores colaboraram com as obras de arte, as melhores peças estão expostas no Museu do Aleijadinho que fica nos fundos da igreja

Com o rápido povoamento de Vila Rica, foi preciso ampliar o templo tendo inicio à construção da Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição. Mais uma magnífica  e histórica igreja da cidade, uma importante visita que não pode faltar no seu roteiro sobre o que fazer em Ouro Preto. Fica aberta diariamente.

Pra-todos-verem:Igreja-Matriz-Nossa-Senhora-da-Conceicao-Ouro-Preto-MG
Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição – Ouro Preto – MG

Basílica de Nossa Senhora do Pilar

Fica na Praça Monsenhor Castilho Barbosa, n. 17, Pilar, Ouro Preto, MG. Telefone: (31) 3551-4735. Uma das principais atrações de Ouro Preto, e a igreja mais rica de Minas Gerais e a segunda mais rica do Brasil.

Em estilo rococó, projetada por Aleijadinho, na sua ornamentação foram gastos cerca de 400 kg de ouro.  É famosa por sua decoração em talha dourada, pinturas e esculturas, mais uma das construções católicas erguidas no ciclo do ouro, iniciada a partir de uma capela e concluída em 1712.

No teto, pintado por mestre Ataíde, tem a representação de Nossa Senhora dos Anjos, uma das suas mais belas obras. Você vais ficar surpreso ao ver tanto ouro num só lugar, aquela época o ouro era tão abundante em Minas Gerais, que quase todas as igrejas históricas tinham ouro na sua ornamentação.

Pra-todos-verem:Igreja-Matriz-Nossa-Senhora-do-Pilar-Ouro-Preto-MG
Basílica de Nossa Senhora do Pilar – Ouro Preto – MG

Igreja Nossa Senhora do Rosário

A Igreja de Nossa Senhora do Rosário fica no Largo do Rosário, s/n, Bairro Rosário, Ouro Preto – MG. Telefone: (31) 3551-4735. Expressa o auge do barroco colonial mineiro. É uma construção cuja beleza é atraente por fora e por dentro.

Teve sua construção iniciada em 1785 em substituição à capela primitiva, onde funcionava a Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos . Diferenciada das outras construções pelo seu design arredondado que chama bastante a atenção.

Seu interior, embora muito bonito, não é rico em ouro, mas a pintura é muito colorida. Tombado pelo IPHAN, uma das mais originais construções católicas da era do Brasil Colônia. Um dos tantos pontos turísticos de Ouro Preto interessantes para conhecer e ouvir as histórias contadas pelos guias locais com muita atenção.

Dizem que a razão de ter tentas igrejas em Ouro Preto e porque era onde se cobrava os impostos e quanto mais igrejas, mas dinheiro para o reinado de Portugal. A Igreja Nossa Senhora do Rosário funciona de terça a sábado das 12:00 às 16:45 e domingo das 13:00 às 15:30

Pra-todos-verem:Igreja-Nossa-Senhora-do-Rosario-Ouro-preto-
Igreja Nossa Senhora do Rosário – Ouro Preto – MG

Igreja Nossa Senhora do Carmo

Fica na área central da cidade, na Rua Brigadeiro Musqueira, s/n, Centro, Ouro Preto. Telefone: (31) 3551-2601. Funciona de terça a domingo, das 8h30 às 11 e das 13h às 17h, com celebração da missa aos domingos às 8h30

ao lado ficam o museu do Oratório e o teatro. Menos pomposa que as outras igrejas, mas muito bonita, construída em estilo rococó, na terceira fase do barroco mineiro, a construção se iniciou em 1766 e foi concluída em 1772.

O projeto inicial da construção foi feito por Manuel Francisco Lisboa e mais tarde modificado por Aleijadinho. É a única igreja mineira decorada com azulejos portugueses. Mestre Ataíde e Aleijadinho fizerem toda a ornamentação da igreja.

Como pode se notar tem bastante ouro nas pinturas. Funciona de terça a sábado, de 8h30 às 11h10 e das 13h às 17h. Domingo, de 10h às 15h. O ingresso custa R$3,00. Uma das mais importantes atrações turísticas de Ouro Preto que não pode faltar no seu roteiro.

Pra-todos-verem:Igreja-Nossa-Senhora-do-Carmo-Ouro-Preto-MG
Igreja Nossa Senhora do Carmo – Ouro Preto – MG

Igreja Santa Efigênia dos Pretos

Fica na Rua Santa Efigênia, n. 396, Bairro Alto da Cruz, Ouro Preto – MG. Telefone: (31) 3551-5047. Funciona de terça a domingo das 08h30 às 16h30. Missa aos sábados, às 19h30, e domingo, às 7h. Foi construída pelo escravo alforriado Chico Rei e sua tribo, segundo relata a história, com o ouro retirado da Mina da Encardideira.

Construção iniciada em 1734 e terminada em 1785. Na sua construção teve a participação de vários artistas. Era uma confraria composta por negros, escravos ou alforriados. Na decoração da igreja pode-se observar muitos elementos que simbolizam a cultura negra.

Nas esculturas talhadas em madeira estão representadas muitas figuras da religiosidade africana como chifres, conchas, caramujos e outras representações. No seu interior tem quatro altares devotados a Santa Rita, São Benedito, Santo Antônio Noto e Nossa Senhora do Carmo.

A Igreja Matriz de Santa Efigênia é de suma importância para o barroco Mineiro. Além da representatividade da cultura afro-brasileira, é um dos pontos turísticos de Ouro Preto que nos remete a um passado marcante da cultura africana.

Pra-todos-verem:Igreja-Santa-Ifigênia-dos-Pretos-Ouro-Preto-MG
Igreja Santa Efigênia dos Pretos

Igreja Nossa Senhora dos Prazeres

Fica em Lavras Novas, distrito de Ouro Preto. A igreja é pequena, singela, uma das mais antigas Igrejas do século XVIII, mas é um charme só. É bem rústica, construída no tempo dos quilombolas que habitavam a região.

Fica no alto de uma colina, numa paisagem lindíssima, é muito valiosa para os habitantes e para o acervo histórico de Minas Gerais. Não existe documento que prove a data da sua construção

O que fazer em Ouro Preto – museus

Ouro Preto transborda história por todos os lados, cada metro quadrado nos remete ao passado de lutas, revoltas, dores e conquistas que os inconfidentes vivenciaram para que o Brasil fosse uma nação livre.

A cidade em si é um museu a céu aberto, mas existem os espaços, que são os importantes pontos turísticos de Ouro Preto, que guardam memórias, documentos, obras, utensílios, esculturas e artes sacras. Os museus são as principais atrações de Ouro Preto.

Museu do Aleijadinho 

Este atrativo é indispensável na sua lista sobre o que fazer em Ouro Preto. O nome é uma homenagem ao ilustre artista, natural da cidade, conhecido mundialmente na história da arte. Foi criado com o objetivo de preservar, propagar e conservar o mais precioso acervo da historia da Inconfidência Mineira.

No seu acervo tem cerca de 250 peças de artes sacras, esculturas em pedra sabão e madeira de lei esculpidas por Aleijadinho, pinturas do Mestre Ataíde, dentre outras atrações. O acervo de artes sacras fica distribuído num circuito de três igrejas;

  • Matriz de Nossa Senhora da Conceição. Praça Antônio Dias, n. 9
  • Igreja de São Francisco de Assis. Largo de Coimbra 
  • Igreja de Nossa Senhora das Mercês e Perdões. Largo Musicista José dos Anjos

Endereço: Rua Bernardo Vasconcelos, n. 179 – Ouro Preto. Funciona de terça a domingo de 8:30 às 12:30 e das 13:30 às 17 horas. O ingresso custa R$10,00.

Pra-todos-verem:Obra-sacra-de-Aleijadinho-prisao-de-Jesus
Museu do Aleijadinho -Ouro Preto – MG

Museu da Inconfidência

É um dos pontos imperdíveis para quem procura o que fazer em Ouro Preto. Fica na Praça Tiradentes, n. 139, Centro Histórico, Ouro Preto – MG. Foi criado em 1944com o intuito de resgatar e preservar os restos mortais dos inconfidentes, que em razão da condenação, foram deportados para a África.

Uma maneira genuína de se inteirar da história do Brasil. O museu da inconfidência possui um grande acervo de documentos, mobiliário, obras sacras, retratos da família real e imperial, e objetos da época da inconfidência.

Os funcionários descrevem com destreza a origem e o valor de cada peça. O prédio era a Antiga Casa de Câmara e Cadeia de Vila Rica, antigo nome de Ouro Preto. Na sala do Panteão dos Inconfidentes, estão os restos mortais dos inconfidentes.

Tem duas salas dedicadas às esculturas de Aleijadinho e às pinturas do mestre Ataíde. Eu como mineira fiquei emocionada, aprendi muito mais história no museu que na escola. Um dos pontos turísticos de Ouro Preto mais relevantes.

Funciona de terça a sexta-feira: de 10h às 18h, aos sábados das 10h às 16h e domingos de 9h às 14h. O ingresso custa R$10,00.

Pra-todos-verem:Panteao-dos-inconfidentes-museu-dos-inconfidentes-Ouro-Preto
Panteão dos Inconfidentes

Museu Casa dos Contos

Este casarão foi residência de  João Rodrigues de Macedo, cobrador de impostos da época, serviu a várias finalidades, inclusive de prisão para os inconfidentes. Foi sede da administração e contabilidade pública da capitania de Minas Gerais, por isso o nome “Casa dos Contos”.

No início do século XIX, com o aumento da área construída, sediou também a “Casa de Fundição e da Moeda”. O visitante tem a oportunidade de conhecer as várias moedas utilizadas no Brasil.

Em uma das salas está exposto como o ouro era fundido. Um dos pontos turísticos de Ouro Preto super interessantes para conhecer a trajetória da nossa moeda. A parte da senzala, que fica debaixo da casa Exibe objetos de tortura impostas aos escravos, utensílios, ferramentas e documentos da era escravagista.

Pra-todos-verem:Museu-Casa-dos-Contos-Ouro-Preto-MG
Museu Casa dos Contos – Ouro Preto – MG

Visite as Minas de Ouro

Esta atração tem que fazer parte da lista do que fazer em Ouro Preto. Visitar uma antiga mina de ouro, nos faz perceber o quanto Minas Gerais foi explorada e as péssimas condições em que os escravos trabalhavam.

Dentre elas estão as minas Chico Rei, Mina Jeje, Mina du Veloso, Mina Felipe dos Santos, Minas do Palácio Velho. Possivelmente algumas nem estão catalogadas. Nas minas que podem ser visitadas, muitos espaços são vetados aos visitantes.

Vale lembrar que as entradas são guiadas e pagas somente em dinheiro, os valores variam de R$20,00 a R$25,00.

  • Mina Chico Rei faça contato pelos telefones 31-35511749 ou 31-35522866.
  • Mina du Veloso ligue 31-510792.
  • Mina do Jeje o telefone é 31-35521548.
  • Mina do Palácio Velho, ligue pelo telefone 31- 98666-0240.
Pra-todos-verem: Mina-do-Chico-Rei-Ouro-Preto
Mina Chico Rei – Ouro Preto – MG

Feira De Pedra Sabão do Largo De Coimbra

Esta é a melhor parte da viagem para quem adora artesanato. Conhecida como “Feirinha de Pedra Sabão” tem mais de 50 bancas de artesanato. As peças que eu mais gosto são as esculturas e panelas de pedra. Quem é mineiro conhece o sabor de uma comida feita em panelas de pedra.

Dá pra decorar a casa inteira com as esculturas de pedra, gesso e madeira, e ainda ter uma maravilhosa fonte de água esculpida em pedra sabão. Mas a feirinha tem de tudo, desde joias, bijuterias, camisetas, bordados, pedras preciosas e muitas outras coisas para levar de lembrança e presentear com ótimos preços.

Com certeza é uma das principais atrações de Ouro Preto. Funciona diariamente em à frente da Igreja de São Francisco de Assis.

Pra-todos-verem:Feira-de-Pedra-Sabao-Ouro-Preto
Feira se artesanato em Ouro Preto – MG

O que fazer em Ouro Preto – Lavras Novas

Em Ouro Preto especificamente as atrações são museus, igrejas, prédios históricos, mas nos distritos em torno da cidade é possível visitar cachoeiras, fazer trilhas, praticar rapel e passeios de buggy.

Excelente programa para constar no seu roteiro sobre o que fazer em Ouro Preto. Um bom exemplo é Lavras Novas, uma pequena vila, que pertence a Ouro Preto. Cheia de casinhas coloridas, povo acolhedor e uma das principais atrações turísticas é o esporte de aventura.

A pequena vila que fica entre as montanhas, é famosa pelas belas paisagens, conta com inúmeras cachoeiras, trilhas, mirantes e barragens e assim como Ouro Preto, também tem muita história pra contar.

A principal agência e receptivo que faz os passeios, aluga os equipamentos é a Ecoventura que fica na Rua dos Prazeres, n. 589. telefone 31-87298025. Dá uma chegadinha lá, você vai adorar. 

Pra-todos-verem:Cachoeira-dos-tres-Pingos-Lavras-Novas-Ouro-Preto
Cachoeira em Lavras Novas – Distrito de Ouro Preto – MG

Onde comer em Ouro Preto

A especialidade da gastronomia de Ouro Preto, não poderia ser outra que não a comida mineira. Quem é que resiste a um frango com quiabo, torresmo, lombo com tutu e couve, galinha ao molho pardo e ao feijão tropeiro?

Você vai poder provar todas essas delícias até em pequenos botecos e lanchonetes. Mas claro, você vai encontrar também culinária internacional e restaurantes refinados. A culinária mineira é uma das principais atrações de Ouro Preto.

A maioria dos restaurantes estão concentrados na área central, em casarões históricos, dá até para se sentir em plena época colonial. Veja abaixo alguns dos restaurantes mais requisitados em Ouro Preto:

  • Restaurante Casa Do Ouvidor. Rua Direita, n.  42, telefone 31- 35512141. Serve comida brasileira, especialmente a mineira $$ $$$
  • Restaurante Contos de Réis.  Rua Camilo de Brito, n. 21 Centro,  telefone 31 3551-5359. Ambiente rústico, maravilhoso! Com muitas variedades de comida e doces mineiros, servidos em tachos de cobre. $$ $$$
  • Bené da Flauta. Rua São Francisco de Assis, n.  32 Centro, telefone 31 3551-1036. Serve comida brasileira e internacional. Tem uma vista maravilhosa dos principais pontos turísticos de Ouro Preto. $$$ $$$$.
  • Parada do Conde. Rua Conde de Bobadela, n. 135, telefone 31985554543. Comida gostosa e barata e um ambiente muito bom. $
  • Bem Te Vi. Rua Nossa Senhora dos Prazeres, 480 – Centro, Lavras Novas, telefone 31 98581-9475. Vale a pena ir até Lavras Novas para almoçar neste restaurante, além da comida ser muito boa, também é bem mais barata. $

Onde ficar em Ouro Preto

As opções de hospedagem são inúmeras, passando por hotéis, pousadas e hostels. Como cidades quase que exclusivamente turísticas, para conseguir um preço que caiba no bolso é preciso pesquisar bastante.

Na hora de escolher onde ficar em Ouro Preto, considere que a cidade tem muitas ladeiras e que talvez seja conveniente alugar um carro. Agora que você está por dentro do que fazer em Ouro Preto, arrume as malas e prepare o físico para conhecer uma das cidades mais famosas de Minas Gerais.

Veja outras cidades mineiras que valem a pena conhecer:

ENCONTRE SUA HOSPEDAGEM

Compartilhe nas redes sociais:

2 comentários em “O que fazer em Ouro Preto: dicas e roteiro completo”

    1. Oi Celuka, obrigada pelo seu comentário. Os 2 passeios valem muito a pena. Carrancas fica no sul de Minas e Ouro Preto fica na Serra do Espinhaço na região Leste. A distância entre as duas é cerca de 259 km pela BR-040 e BR-256.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *